• DETALHES DA NOTÍCIA


    Publicado em 12/10/2017    68 Visualizações

    OS PLANOS PARA 2018 - Opinião de Primeira por Sérgio Pires


    Movimentações nos bastidores da política, indicam que está mudando o número de deputados estaduais que não concorrerá à reeleição. Há pelo menos quatro que podem deixar a disputa pelo parlamento, para alçar novos voos. O presidente Maurão de Carvalho vai concorrer ao Governo. José Lebrão tem falado seguidamente que pode abandonar a política, embora não tenha batido o martelo, porque ouve todos os dias inúmeros pedidos, principalmente de sua base eleitoral (São Francisco do Guaporé e toda a região), para que concorra novamente. Hermínio Coelho, um nome muito forte na Capital, que hoje está no PDT, anda pensando seriamente em uma cadeia na Câmara Federal. É o mesmo caminho que pode seguir o jovem deputado Léo Moraes, nome consolidado na Capital. O que seria o quinto elemento, Adelino Follador, o campeão de votos na última eleição, estava pensando também no Congresso Nacional, mas já mudou de planos. Vai mesmo é buscar mais um mandato, porque seu candidato à Câmara Federal será seu filho, o jovem Lucas Follador, atual vice prefeito de Ariquemes.

    A BATALHA SERÁ DURA

    Praticamente todos os demais deputados estaduais, até agora, demonstraram interesse na disputa por mais um mandato. Alguns como Edson Martins vão buscar seu quarto período na Assembleia Legislativa. O petista Lazinho da Fetagro, que está tendo um mandato bastante produtivo, também anda otimista com a possibilidade de retornar em 2019. Da região da Capital, onde tiveram maior votação, Jesuíno Boabaid, Aélcio da TV, Ribamar Araújo, Anderson Pereira e o próprio Edson Martins, que tem trabalhado muito por Porto Velho, querem voltar e estão dando duro, embora reconheçam a enorme concorrência que terão na corrida eleitoral do ano que vem. O deputado Airton Gurgacz vai em busca de novo mandato, até porque vai trabalhar duro para eleger seu sobrinho, Acir Gurgacz, para o Governo. Da região de Ji-Paraná, Laerte Gomes é igualmente um nome quentíssimo para voltar à ALE. O Dr. Neidson, da região de Guajará, é outro que já está na batalha pela busca de um segundo mandato, assim como Cleiton Roque, eleito pela região de Pimenta Bueno (marido da atual prefeita, Juliana Roque) e que tem se destacado na Assembleia. . Os atuais parlamentares estão dando duro, até porque sabem que haverá mais de 10 concorrentes para cada uma das cadeiras do parlamento.

    CARAS NOVAS AO GOVERNO

    Dois jovens estão entrando para a política e já pensando alto. Ambos estão sendo lançados por seus partidos como pré candidatos ao Governo do Estado. Vinicius Raduan, professor da Unir, foi anunciado pela Rede de Sustentabilidade, a rede de Marina Silva, como a novidade na corrida pelo governo rondoniense. De outro lado, representando as novas cabeças do empresariado, o PSL trouxe a público duas pré candidaturas de caras que praticamente nunca se ouviu falar, dentro da política, embora ambos já se destaquem em suas atividades privadas. O jovem Augusto Peluccio, à frente do grande grupo educacional da sua família e muito atuante em entidades de desenvolvimento do empresariado. O nome escolhido para formar chapa com ele foi de outro personagem da nova geração que é muito conhecido na região central do Estado. Trata-se de Hugo Lopes de Araújo, presidente da Associação Comercial e Industrial de Ji-Paraná. O discurso de ambos os partidos é de colocar sangue novo da política e, ao mesmo tempo, qualificar o debate. Por enquanto, as duas pré candidaturas, é claro, são vistas com ceticismo. Mas é sempre bom lembrar que o eleitor anda ávido por caras e discursos novos. Portanto, é bom ficar de olho nessas caras novas


    FONTE: Rondônia Vip - por Sérgio Pires









  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK



    ..::TV BURITI NET::..

    PUBLICIDADE