DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 02/01/2019    296 Visualizações

Polícia inicia 'caçada' a dois bandidos que estão promovendo onda de assaltos em lojas de conveniência de postos de gasolina em Manaus. VEJA VÍDEO!

Compartilhar

A polícia já identificou e vem tentando prender os assaltantes de postos de gasolina Rian Rodrigues de Souza e Welison Alves de Castro que aparecem em imagens gravadas por câmeras de segurança de lojas de conveniências de vários postos de gasolina que assaltaram no último final de semana.


O crime mais recente da dupla foi no Posto Atem do bairro da Compensa onde Welison chega pilotando uma moto, entrega a direção para o comparsa Rian, entra na loja de conveniência do estabelecimento faz o assalto, na saída ainda corre atrás do frentista de quem também rouba o dinheiro, volta para para o veúculo e foge com o comparsa.


De acorco com as vítimas Welison age com bastante violência, aponta uma pistola de grosso calibre para as vítimas e ainda ameaça de voltar para matar se souber que o roubo foi denunciado à polícia, alegando que antes do roubo já monitorou e conhece cada um dos funcionários.

 

PROCURADOS

 

Assaltante Welison Alves

Assaltante Rian Rodrigues


As gravações já foram cedidas para a polícia pelos gerentes dos postos de gasolina assaltados e uma equipe da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD) já está nas ruas a procura de Rian e Welison que podem estar planejando novos crimes, por isso suas prisões devem acontecer o quanto antes, disse um dos policiais.


O delegado Adriano Félix, titular da DERFD, disignou a equipe para atuar no caso e também espera contar com ajuda da população de Manaus que pode ligar e dar informações sobre os assaltantes através do número 181 (Disk-Denúncia) da Secretaria de Estado Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

 

VEJA VÍDEO! 

 


FONTE: Portal do Zacarias

Aos leitores, ler com atenção

*Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.*







  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE