DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 03/01/2019    51 Visualizações

Para general Heleno, Fabrício Queiroz precisa dar explicação 'mais consistente'

Compartilhar

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, afirmou em entrevista ao Jornal das Dez que, na opinião dele, Fabrício Queiroz precisa dar explicação "mais consistente" sobre as movimentações suspeitas na conta dele.

Queiroz é ex-motorista de Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, e o Controle de Atividades Financeiras (Coaf) encontrou movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão na conta do ex-assessor.

Numa recente entrevista ao SBT, Queiroz afirmou que o dinheiro é oriundo da venda de carros e que era um homem de negócios.

"Continua sendo esperada a manifestação dele [Queiroz] com alguma coisa mais consistente. Eu não achei a manifestação dele absolutamente consistente. Pode ser aquilo? Pode. O que quem está de fora espera? Uma declaração: 'Está aqui o recibo'. Uma coisa provada", afirmou o general Heleno à GloboNews.

De acordo com o Coaf, nove funcionários do gabinete de Flávio Bolsonaro transferiam dinheiro para a conta de Queiroz em datas que coincidem com as datas de pagamento da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro – Flávio Bolsonaro é deputado estadual e senador eleito.

Flávio Bolsonaro já negou irregularidades, e o presidente Jair Bolsonaro já disse que, se ele e o filho tiverem feito algo de "errado", pagarão "a conta".


FONTE: g1






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE