DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 09/01/2019    65 Visualizações

Rogério é apresentado no Bahia e quer ser campeão

Compartilhar

O atacante Rogério foi apresentado na manhã desta terça-feira no Bahia e não poupou expectativas. Após três temporadas no Sport, o atleta chegou ao time baiano visando conquistas.

“Vim para o Bahia para conquistar títulos, como a Copa do Nordeste. O Bahia é sempre finalista. É uma oportunidade para ser campeão”, revelou.

Com passagens também por Náutico, Botafogo, Vitória e São Paulo, o jogador de 28 anos diz estar pronto para vencer no Bahia e se colocou à disposição do treinador Enderson Moreira para desempenhar diversas funções.

“O jogador tem sempre que estar adaptado. Fiz várias vezes a função de nove, meia, ponta. O que o professor precisar, estou apto a fazer”, disse.

Em 2018, Rogério teve um desempenho abaixo do esperado no Sport, com apenas três gols em 36 jogos.

O atacante não conseguiu ajudar a equipe pernambucana a se salvar do rebaixamento. “A gente vive de superação. É difícil, complicado para um atleta ser rebaixado, mas a gente não pode abaixar a cabeça”, refletiu o atacante.

O Bahia anunciou a permanência do jovem zagueiro Ignácio, de 21 anos. O jogador estava emprestado no Esquadrão e seu passe pertencia ao Santa Cruz, de Sergipe.

Ignácio chegou para atuar, inicialmente, pela equipe sub-23 do Bahia na disputa pelo Brasileirão de Aspirantes. Atuou em quatro partidas e marcou um gol com a camisa do tricolor baiano. Foi o suficiente para chamar atenção da comissão técnica do elenco principal.

Após as lesões de Tiago e Everson, o jovem foi chamado para completar o banco de reservas no duelo contra o Grêmio pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, em Porto Alegre. Durante a partida, o zagueiro Jackson foi expulso e o treinador Enderson Moreira optou por Ignácio no lugar de Ramires para completar o setor defensivo.

Foram apenas poucos minutos no profissional do Esquadrão, mas a comissão técnica avaliou como positiva a sua presença no elenco. O Bahia adquiriu 60% dos direitos econômicos do zagueiro, que assinou contrato até 31 de dezembro de 2022.

Ignácio é natural de Assu, Rio Grande do Norte. Sua carreira foi meteórica em 2018, saindo da Serie D direto para a Serie A. No primeiro semestre de 2018, o atleta atuou pelo Força e Luz e foi um dos destaques do Campeonato Potiguar. Foi cedido ao ASSU, clube em que disputou seis partidas pela Serie D do Brasileirão. Rapidamente chamou atenção do Bahia, que adquiriu o atleta por empréstimo em julho.

O Bahia anunciou a permanência do jovem zagueiro Ignácio, de 21 anos. O jogador estava emprestado no Esquadrão e seu passe pertencia ao Santa Cruz, de Sergipe.

Ignácio chegou para atuar, inicialmente, pela equipe sub-23 do Bahia na disputa pelo Brasileirão de Aspirantes. Atuou em quatro partidas e marcou um gol com a camisa do tricolor baiano. Foi o suficiente para chamar atenção da comissão técnica do elenco principal.

Após as lesões de Tiago e Everson, o jovem foi chamado para completar o banco de reservas no duelo contra o Grêmio pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, em Porto Alegre. Durante a partida, o zagueiro Jackson foi expulso e o treinador Enderson Moreira optou por Ignácio no lugar de Ramires para completar o setor defensivo.

Foram apenas poucos minutos no profissional do Esquadrão, mas a comissão técnica avaliou como positiva a sua presença no elenco. O Bahia adquiriu 60% dos direitos econômicos do zagueiro, que assinou contrato até 31 de dezembro de 2022.

Ignácio é natural de Assu, Rio Grande do Norte. Sua carreira foi meteórica em 2018, saindo da Serie D direto para a Serie A. No primeiro semestre de 2018, o atleta atuou pelo Força e Luz e foi um dos destaques do Campeonato Potiguar. Foi cedido ao ASSU, clube em que disputou seis partidas pela Serie D do Brasileirão. Rapidamente chamou atenção do Bahia, que adquiriu o atleta por empréstimo em julho.


 

FONTE: Espn






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE