DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 04/03/2019    225 Visualizações

FIM DE SEMANA: Homens armados aterrorizam cidade e fazem três vítimas

Garçonete voltava para casa e dona-de-casa saía para ir à igreja
Compartilhar
Garçonete voltava para casa e dona-de-casa saía para ir à igreja

O final de semana, mais uma vez, foi marcado por roubos e furtos em Vilhena, que foram registrados na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp). Em alguns casos, as vítimas foram rendidas por assaltantes que estavam armados, como é o caso de um roubo que aconteceu no bairro Embratel, na madrugada de sábado.


A vítima, uma garçonete de 26 anos, contou aos policiais que atenderam a ocorrência que voltava para casa, após o trabalho, quando foi abordada por um por um homem que a ameaçou com uma faca e ordenou que ela lhe entregasse sua bolsa.

Diante da ameaça, ela entregou seus pertences e o assaltante fugiu em direção à Praça no Mensageiro, na avenida Paraná, mas não foi localizado pela guarnição.

Já na noite do domingo, 04, um rapaz de 22 anos teve sua moto levada, no bairro Bela Vista. À polícia ele relatou que havia chegado em casa, mas quando parou para abrir o portão, dois homens, em uma bicicleta, se aproximaram com uma arma de fogo em mãos e anunciaram o roubo.A moto, uma CG Titan vermelha, foi levada e a bicicleta deixada para trás. Mesmo após patrulhamento pelas imediações, os suspeitos e o veículo não foram localizados.

O terceiro caso também aconteceu na noite do domingo, no bairro Alto Alegre. A Polícia Militar atendeu o chamado de uma senhora de 50 anos que, ao sair da igreja e ir para casa, também foi abordada em frente sua residência, como no caso anterior.Os dois assaltantes estavam em uma CG Titan preta e o da garupa anunciou o roubo. Com um revólver, disseram à vítima que levariam sua moto, uma Biz. Após realizar o crime, fugiram em direção ao bairro Jardim Eldorado. De acordo com relatos da vítima, o rapaz que estava na garupa da moto aparentava ser menor de idade.

Mais uma vez, ninguém foi localizado pelos policiais responsáveis pela ocorrência. Os casos estão registrados na Unisp para providências cabíveis.


FONTE: FOLHADOSULONLINE

Aos leitores, ler com atenção

*Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.*







  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE