DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 09/03/2019    163 Visualizações

SEM ACORDO: Lanchas escolares são recolhidas e mais de mil estudantes ficam sem transporte

O contrato entre a empresa e a Prefeitura de Porto Velho terminou neste mês de março
Compartilhar
O contrato entre a empresa e a Prefeitura de Porto Velho terminou neste mês de março

A empresa Flecha Transporte retirou, na manhã deste sábado (9), as lanchas que prestavam o serviço de transporte na região do Baixo Madeira. O contrato entre a empresa e a Prefeitura de Porto Velho, que terminou neste mês de março, já vinha sendo prestado abaixo do mínimo exigido em decorrência de brigas quanto ao pagamento.

 O imbróglio entre a Flecha e a Prefeitura se intensificou em setembro de 2018, quando uma ordem de pagamento foi suspensa após o executivo afirmar que as planilhas apresentadas pela empresa a Controladoria Geral do Município – CGM - e a Comissão de Acompanhamento do Transporte Escolar, sugeriram a suspensão do pagamento ou corte de 50% do valor tido como devido. Outro pedido, foi o levantamento de todos os serviços não realizados no exercício de 2016, 2017 e 2018.

 Ao total, 76 lanchas foram retiradas do rio Madeira e o problema afeta diretamente mais de mil alunos que tem nesse serviço o único acesso até as escolas da região.

 Em fevereiro desse ano a prefeitura de Porto Velho anunciou a abertura de um processo de licitação, porém com o contrato da Flecha ainda em vigência o pouco pode ser feito.

 O repórter William Ferreira conversou com o secretário municipal de Educação, Cesar Licório, que informou que todas as medidas pertinentes estão sendo tomadas pela prefeitura, que irá buscar os meios de regularizar o transporte escolar desses estudantes.


FONTE: Redação






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE