DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 11/03/2019    713 Visualizações

Supermercado Gonçalves: uma história que vai chegando ao fim

O pioneiro começou com uma loja em Jaru
Compartilhar
SUPERGONCALVES

Ao olhar os impérios que são construídos e com o passar do tempo entram em ruína por erros administrativos podemos compreender o que aconteceu com o supermercado Gonçalves em Rondônia.

O proprietário, José Gonçalves, sempre foi um visionário que esteve a frente dos negócios durante a maior parte da brilhante história da rede, sempre melhorando a infraestrutura e ampliando a quantidade de estabelecimentos.

Em meio as dificuldades de viver no interior de Rondônia e ser oriundo de uma família modesta, expandiu sua rede e chegou a ter até comércio em Rio Branco (AC). O pioneiro começou com uma loja em Jaru. O supermercado era modesto e tinha apenas duas portas pequenas. A primeira empresa recebeu o nome de Casa Gonçalves e teve seu início em 1974.

A segunda maior rede de supermercados de Rondônia demonstrava seu grande potencial e atendia um número crescente de consumidores. Sob seu comando alçava vôos que pareciam longevos.

SUCESSO DO PAI E HERANÇA DO FILHO

A partir de 2012 o empreendedor José Gonçalves da S. Júnior, filho de José, atuou de forma mais incisiva nas negociações da companhia.

ERROS QUE PODEM TER CONTRIBUÍDO

2012 –Lançou uma rede social evangélica denominada Hizby. Com o marketing impresso nas sacolas do supermercado tentou alavancar seu negócio. Contudo com a grande concorrência de gigantes no setor, a exemplo do Facebook, sua mídia social foi precocemente encerrada já no ano seguinte.

2015 – Júnior registrou a Tipiogue, uma nova rede de fast food. Apesar do alto investimento a empresa não decolou e foi fechada já em 2018.

2015 – Foi constituída empresa Granopan. Na época a empresa produzia diversos produtos do gênero alimentício, a exemplo de massas e doces.

Com um investimento de aproximadamente 55 milhões de reais, a nova companhia se demonstrou inviável diante da ausência de competitividade no setor.

Suas atividades foram praticamente encerradas e a empresa encontra-se em processo de venda.

ACERTOS

Em meio ao desastre financeiro iminente também houve acertos. Um deles foi a criação da Casa Gonçalves que fica localizada na Avenida Jorge Teixeira. O comércio é considerado, ainda hoje, um dos melhores do setor na capital.

Talvez o sucesso decorra do nome, que remete ao investimento inicial em 1974.

FECHAMENTO DE LOJAS

Com processo de recuperação judicial protocolado em 2016 o grupo começou a enfrentar problemas com o fornecimento de itens. O desabastecimento ocasionado pelo “boicote” de alguns fornecedores o declínio eram evidentes.

Em 09 de fevereiro deste ano a rede fechou sua loja localizada na Avenida Mamoré (Porto Velho); já no dia 16 fechou a loja localizada em Rio Branco (AC).

Nesta sexta-feira, 08 de março, o segundo estabelecimento localizado na Avenida Mamoré, que fazia esquina com a Rua Raimundo Cantuária, amanheceu com as portas fechadas,  encerrando sua atividade.


FONTE: Com base nas informações do G1, supergoncalves, rondoniaovivo.






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE