DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 28/03/2019    304 Visualizações

Apresentador que se demitiu ao vivo diz que tentou suicídio

Compartilhar

O UOL Esporte teve acesso ao processo que o jornalista Kaio Cezar move contra a Globo e contra sua afiliada no Ceará, a TV Verdes Mares. O apresentador se demitiu ao vivo em fevereiro depois de apresentar o Globo Esporte do Ceará dizendo que não tolera falta de respeito e que não abre mão de sua dignidade.

Entre tantos detalhes no processo, alguns chamam a atenção. Em sua demanda, o jornalista relata as condições precárias que passou durante a cobertura da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Kaio e a equipe teriam sido expulsos do apartamento alugado por aplicativo por causa do barulho que faziam para descarregar os equipamentos técnicos tarde da noite.

Ainda de acordo com o relato, eles tiveram que ficar uma noite abrigados no centro de imprensa por não terem para onde ir. A situação foi tão degradante, que ele teria tentado suicídio ainda na Rússia.

Soma-se a isso, de acordo com o processo, o fato de Kaio não ter diárias de alimentação definidas durante a cobertura da Copa e de ter uma verba exígua para bancar suas despesas durante o evento.

Kaio ainda faz duras acusações contra o diretor de jornalismo das Verdes Mares, Paulo Cezar Norões. Segundo ele, o chefe teria se metido inclusive em sua vida pessoal dizendo que ele não deveria se casar com uma colega de redação por ela já ter um filho.

Segundo Kaio, Norões fazia de tudo para sabotar seu trabalho. O chefe teria tentado tirar o jornalista de um bloco esportivo de um telejornal local para colocar o estagiário. A situação foi tão inusitada que, de acordo com a ação na Justiça, o próprio aspirante se recusou a assumir a função.


FONTE: YAHOO






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE