DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 03/04/2019    455 Visualizações

Assaltantes recebem ajuda de motorista ao capotarem veículo furtado e roubam carro dele em Unaí

Compartilhar

Dois homens, de 35 e 37 anos, foram presos em Unaí nesse domingo (31) suspeitos de furtarem um veículo, se envolverem em capotamento na BR -251 e, depois do acidente, roubarem outro carro de um homem que lhes prestou socorro às margens da rodovia. Segundo informações da Polícia Militar, a dupla transitava pela estrada com o veículo furtado em Planaltina-DF, durante a madrugada, quando se acidentou a altura do km 17. A vítima, de 42, estacionou para oferecer ajuda quando viu o carro capotado.

Os autores aproveitaram a oportunidade para ameaçarem a vítima usando uma faca e saíram com o carro, deixando o motorista na estrada. Algum tempo depois a PM foi acionada e começou o rastreamento. Através de denúncias, os militares souberam que os dois homens estaravam em uma lanchonete no Bairro Canabrava. A dupla foi presa quando estava dentro do carro na Rua Vereador João Narciso, no Bairro Cachoeira.

A polícia informou que fez buscas no carro e nas roupas dos homens, mas não localizou produtos ilícitos. A faca utilizada para ameaçar a vítima foi encontrada dentro do porta-luvas, assim como o celular que pertence ao proprietário do veículo.

Segundo a PM, os dois já tinham passagens por outros crimes e tentaram enganar a polícia usando identidades falsas. Eles são suspeitos de terem cometido um homicídio em Sobradinho-DF e um deles tinha mandado de prisão em aberto por roubar uma panificadora. Os dois homens foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Unaí.

O carro furtado ficou destruído após o capotamento. Segundo a PM, o dono foi informado sobre o acidente e compareceu à rodovia. O segundo veículo foi restituído ao homem que tentou prestar socorro aos autores.


FONTE: G1 Grande Minas

Aos leitores, ler com atenção

*Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.*







  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE