DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 05/04/2019    138 Visualizações

DER inicia recuperação das estradas e rodovias estaduais Residente vistoria trabalho na Lh 208 em Ji-Paraná

Compartilhar

Com o término do período das águas, as Residências Regionais do Departamento de Estradas, Rodagens, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) deram início aos trabalhos de recuperação da malha viária sob responsabilidade do Governo do Estado.

Ao todo, são mais de 3500 quilômetros de vias não pavimentadas e outros 1400 quilômetros de rodovias asfaltadas. Para tanto, o diretor-geral do DER, coronel Erasmo Meireles e Sá, explica que o foco do trabalho é a qualidade na execução com eficiência na gestão dos recursos. “Temos um plano anual para orientar cada unidade do Departamento com metas e objetivos a serem cumpridos”, destaca o coronel Meireles. Durante o inverno amazônico, o DER veio trabalhando na recuperação de pontos deteriorados pelas condições climáticas a fim de manter a trafegabilidade.

TRABALHO A TODO VAPOR

Em Ji-Paraná, a 8ª Residência Regional do DER já fez este ano a recuperação da estrada para o Parque Tecnológico Vandei Rack (sede da Rondônia Rural Show) com a instalação de bueiros tipo Armco; está trabalhando juntamente com a Usina de Asfalto CBUQ do DER na recuperação da via de acesso ao Aeroporto José Coleto, numa extensão de 1500 metros; além de restaurar em parceria com a prefeitura de Ji-Paraná ruas e avenidas por onde foram instaladas tubulações da Caerd no Segundo Distrito do município.

Já à frente de serviço de campo, a Residência iniciou nesta semana a execução de limpeza lateral, conformação de plataforma (patrolamento) e encascalhamento da Linha do Km 04 e Linha 208 (RO-135). O engenheiro residente, Carlos Morais, explica que “essa estrada é uma importante via de escoamento de produção e tráfego entre Ji-Paraná e Ouro Preto do Oeste, são cerca de 18 quilômetros de chão que precisam de recuperação, manutenção e melhoria”.

VÁRIAS FRENTES DE SERVIÇO

De Ariquemes a Colorado do Oeste, de Vilhena a São Francisco do Guaporé, De Buritis a Pimenta Bueno, todas as Residências do DER estão contornando os problemas decorrentes do inverno amazônico que, neste ano, choveu acima da média e já estão com servidores e maquinário trabalhando na recuperação do que foi deteriorado.

As demandas foram levadas na Reunião Técnica de Trabalho, que ocorreu no fim de março entre a diretoria-geral do DER, coordenadorias, gerências e regionais. Agora, de acordo com o coordenador de operações e fiscalização, Diego Corrêa, “paralelamente ao trabalho que já se iniciou nas estradas e rodovias, parte do maquinário do órgão vem passando por manutenção para voltar a ativa o mais rápido possível para executar o Plano anual de Trabalho dentro do cronograma”.

Ao todo, o DER possui 14 Residências Regionais e quatro Usinas de Asfalto no interior e capital, que são responsáveis por grande parte da malha viária de Rondônia, além de auxiliar os municípios, sempre dentro da legalidade, na recuperação, manutenção e melhoria das principais estradas vicinais.


FONTE: Rondoniaovivo






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE