DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 06/04/2019    123 Visualizações

MP ingressa com ação para apurar uso de servidores públicos em campanha eleitoral

Compartilhar

O Ministério Público de Rondônia (MP-RO) ingressou com uma ação civil pública que investiga uma possível violação aos princípios que regem a administração pública de Guajará-Mirim (RO), município a pouco mais de 330 quilômetros de Porto Velho.

Segundo o órgão, o prefeito da cidade, a primeira-dama, a secretária de Assistência Social e o ex-chefe de gabinete teriam possibilitado a utilização de servidores públicos em campanha eleitoral.

A ação foi recebida pelo juiz Paulo José do Nascimento Fabrício, da 2ª Vara Cível do município. Conforme o magistrado, o recebimento da denúncia representa apenas o reconhecimento da necessidade de formação do processo para que se possa investigar, garantidos o direito ao contraditório e ampla defesa, os apontados pelo MP.

O prefeito Cícero Noronha, a primeira-dama, Alessandra Cortez, a secretária de Assistência Social, Lucila de Oliveira e o ex-chefe de gabinete, Sharleston Oliveira, estão sendo investigados. Eles têm um prazo de 30 dias para apresentar contestação.

Os envolvidos são suspeitos de usarem servidores públicos na campanha eleitoral de 2018 do candidato Marcos Rogério, do partido DEM. O candidato foi eleito senador do estado em primeiro lugar com pouco mais de 300 mil votos.


FONTE: G1 RO






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE