DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 05/06/2019    426 Visualizações

PM de Nova Mamoré recupera caminhonete roubada nesta madrugada em Porto Velho

Compartilhar
Leandro Sales O. C., 28 anos

O crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (05) em Porto Velho/RO, no bairro Jardim Eldorado, onde uma residência foi invadida e a caminhonete foi roubada.

Segundo boletim de ocorrência, 6 elementos encapuzados invadiram residência arrombando a porta, os elementos reviram a residência inteira e subtraíram joias, celulares e vários objetos. Na fuga os elementos fugiram levando uma caminhonete Chevrolet S 10, cor branca.

Recuperação da caminhonete

 

Nas primeiras horas da manhã desta quarta – feira (05), em uma ação rápida da Polícia Militar de Nova Mamoré que, em patrulhamento se deslocou até próximo o igarapé do Misericórdia onde se deparam com um veículo, modelo Chevrolet, S10, de cor branca, abandonada.

Ao fazer consulta da placa do veículo, foi constato que a referida caminhonete era produto de um roubo que havia acontecido na madrugada, em Porto Velho. Um táxi ia se aproximando do local, quando um homem em atitude suspeita saiu e tentou fugir, sendo contido pelos policiais.

O elemento foi identificado como Leandro Sales O. C., 28 anos. No momento o ele deu um nome falso, do irmão dele, Valdir, mas os policiais rapidamente desconfiaram e ele informou seu nome correto, também relatou que estava conduzindo a caminhonete até Guajará – Mirim onde seria deixado no porto clandestino.

 

Leandro, é evadido do sistema prisional, há 30 dias ele já havia sido preso em uma abordagem policial quando voltava de Guajará – Mirim sentido Nova Mamoré, depois de ter feito a entrega de um veículo roubado.

 

O elemento recebeu voz de prisão e foi conduzido a Unisp do município, onde ficou à disposição do delegado de plantão para que fosse tomada as medidas cabíveis.


FONTE: Mamoré Agora

Aos leitores, ler com atenção

*Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.*







  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE