DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 06/06/2019    167 Visualizações

Rondônia presente no lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Pescado

Rondônia presente no lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Pescado em Brasília
Compartilhar

Com a presença da ministra da Agricultura Maria Tereza, o secretário nacional da Pesca Jorge Seif Junior foi instalada oficialmente a Frente Parlamentar em Defesa do Pescado. O jantar de lançamento contou com a presença de parlamentares, empresários do setor e autoridades públicas. O presidente da Associação dos Criadores de Peixes de Rondônia (ACRIPAR), Francisco Hidalgo Farina e o governador Marcos Rocha representaram o Estado.

Composta por 211 parlamentares e presidida pelo deputado federal Luiz Nishimori (PL/PR), a frente parlamentar vai discutir o tema com representantes do setor e da sociedade civil em seminários e demais eventos que tratem de pesca e aquicultura.

O governador Marcos Rocha aproveitou a oportunidade para reiterar seu compromisso com a cadeia produtiva do peixe em Rondônia. Durante diálogo com o presidente da ACRIPAR, o governador também destacou as ações que estão sendo realizadas para o fortalecimento do setor, como a força tarefa para a liberação de licenças ambientais e o fomento da atividade piscicultora.

“Rondônia é referência nacional na produção de peixes nativos, com destaque para o Tambaqui. Destacamos a importância desta Frente Parlamentar para aprovar e lutar por temas de interesse do setor”, ressalta Farina.

Para o presidente da Comissão Nacional de Aquicultura da CNA, Eduardo Ono, a instalação da Frente significa maior aproximação do setor produtivo com o Legislativo.

“Essa é uma grande oportunidade de aproximação com um grupo de parlamentares que, acima de tudo, são ligados à nossa atividade”, afirmou Ono. Para ele, o setor enfrenta muitas amarras burocráticas que o impedem de ser mais competitivo. “O Legislativo pode auxiliar muito a melhorar isso, ao ponto de transformar o Brasil em um grande país exportador de pescado”, ressaltou.

Entre os objetivos da Frente estão o apoio à criação de projetos que visem à desburocratização, à regulamentação, à livre iniciativa, o estímulo à atividade pesqueira, o estabelecimento de acordos bilaterais de comércio e o fomento do mercado interno.


FONTE: Assessoria






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE