DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 28/06/2019    148 Visualizações

Veja os alimentos ricos em aminoácidos essenciais

Compartilhar

Eles são essenciais para a vida humana. Poderíamos dizer que aminoácidos são os "tijolos" com os quais são construídas as proteínas. Ainda que o organismo tenha cerca de 250 mil proteínas diferentes, elas são formadas por apenas 20 aminoácidos - e nosso corpo é capaz de fabricar só 11 deles. Deu para sentir sua importância, não?

Os outros nove (histidina, isoleucina, leucina, lisina, metionina, fenilalanina, treonina, triptofano e valina) são os chamados essenciais. Como não podem ser sintetizados pelo corpo humano, temos de obtê-los nos alimentos.

É importante conquista-los de forma simultânea - e aí se encontra uma dificuldade, porque a maioria dos alimentos não possuem individualmente todos os aminoácidos essenciais em quantidade suficiente. Conheça a seguir os alimentos ricos em aminoácidos, e de quais tipos.

Alimentos de origem animal

Alguns alimentos como carnes magras, ovos, leite e seus derivados contêm os nove aminoácidos essenciais e também os 11 não essenciais que nosso organismo requer para funcionar corretamente.

Alimentos como carne de porco, frango e bovina, além de peixes como salmão, mero, atum e sardinha são ricos em isoleucina, valina, leucina, fenilalanina, treonina, metionina, histidina e lisina. Já frango, peru, coelho e peixes como salmão, sardinha, vieira, medo, bacalhau e atum são ricos em triptofano.

O leite e seus derivados, em especial o queijo, também contêm praticamente todos os aminoácidos. E o ovo, especialmente, a clara, contém aminoácidos como isoleucina e valina.

Alimentos de origem vegetal

Existem alguns alimentos de origem vegetal que não contêm os nove aminoácidos essenciais, mas podemos complementá-los ao combiná-los sem ter de incorporar um alimento de origem animal. Nem todas as proteínas de origem vegetal são incompletas.

Grão-de-bico, soja, alguns feijões, trigo-sarraceno, quinoa, amaranto, sementes de cânhamo e pistache contêm todos os aminoácidos essenciais. Mas, por exemplo, as lentilhas têm uma quantidade limitada do aminoácido essencial metionina, e os cereais, como o arroz integral, por exemplo, contêm pouca lisina e treonina.

Portanto, se fizermos um prato que combine lentilhas (ricas em lisina, pobres em metionina) com arroz integral (rico em metionina e pobre em lisina), obteremos uma refeição com proteínas completas.


FONTE: Estadão






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE