DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 10/08/2019    179 Visualizações

Deputada federal Jaqueline Cassol propõe inclusão de médicos brasileiros formados no exterior no programa Médicos pelo Brasil

Compartilhar

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) iniciou o segundo semestre em Brasília cumprindo importantes agendas. Entre elas votação sobre a Reforma da Previdência, ocorrida nesta terça-feira (6), no plenário da Câmara dos Deputados. A parlamentar também participou de audiência com o Ministério do Meio Ambiente, para tratar da ação do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente),em Espigão D’Oeste, e ainda formalizou pedido de inclusão dos médicos brasileiros formados no exterior no Programa Médicos pelo Brasil.

Este foi compromisso firmado por Jaqueline Cassol tão logo o Governo Federal divulgou detalhes do programa. Ainda neste terça-feira, a deputada federal protocolou emenda à Medida Provisória 890/2019, que cria o Programa Médicos Pelo Brasil. A deputada propôs que os médicos brasileiros formados no exterior possam acessar o programa. Ela também solicitou participação na Comissão Mista que vai analisar a medida, para fortalecer o debate e ajudar na aprovação na emenda. “Estamos trabalhando pelos filhos de nossa pátria, que precisam, ao menos, de oportunidade para voltar ao Brasil”, destacou a deputada.

 

 

 

Reunião no Ministério do Meio Ambiente
Também nesta terça-feira(6), Jaqueline Cassol, juntamente com a bancada federal de Rondônia se reuniu com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, para discutir as ações do Ibama no município de Espigão D’Oeste. Madeireiros da região denunciam que os agentes do órgão estão atuando contra a lei e o sistema utilizado para administração e liberação de vendas está bloqueado, inclusive para as madeireiras que não estão sendo investigadas. O Ministro Ricardo Salles sinalizou positivamente aos pedidos da bancada de promover maior agilidade no processo de fiscalização, de trocar a equipe que está no município e também no desbloqueio do Sistema Eletrônico de Emissão de Documentos Florestais (Sisdof), necessário para o trabalho das madeireiras.


FONTE: Assessória






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE