DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 29/08/2019    204 Visualizações

Follador pede que Governo chame os 403 policiais militares formados

Compartilhar

O deputado Adelino Follador (DEM) disse nesta terça-feira (27) em Porto Velho, que está totalmente solidário e envolvido com a situação dos 403 policiais militares recém-formados, que receberam negativa de contratação pelo Governo do Estado. 

Na expectativa de encontrar uma solução para o problema o deputado conversou com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ronaldo Flores, que se disse também solidário com os formandos da PM e que fará todo esforço para viabilizar a contratação do grupo. 

Segundo Follador, esses policiais, além de formados já serviram nas forças policiais de Rondônia, no combate ao crime, inclusive usando armas. Muitos deles, segundo o parlamentar, largaram emprego anterior, família e todos seus afazeres para se dedicarem ao curso, e no momento de serem incorporados, o Governo do Estado, sem levar em consideração esses fatores, sem razão plausível, e sem observar a própria necessidade do Estado, decide pela não contratação dos mesmos ou pela contratação de apenas um pequeno número dos formandos. 

Adelino Follador disse que espera que o governador Marcos Rocha reconsidere sua decisão, e faça o chamamento de todos os 403 policiais formados, visto que o Estado desafogou sua Folha de Pagamentos com o processo de transposição de milhares de servidores para os quadros da União Federal. “O Estado não tem motivos para não incorporar esses policias”, disse o deputado destacando também os processos de aposentadorias (reservas) na PM, que abrem oportunidades para as novas contratações.


FONTE: ASSESSORIA






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE