DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 30/08/2019    281 Visualizações

Governo aprova medida buscando baratear gás de cozinha

A medida faz parte da estratégia do governo federal de baratear o preço do gás e fazer isso chegar aos consumidores.
Compartilhar

O governo Jair Bolsonaro aprovou, nesta quinta-feira (29), o fim da diferenciação de preços de gás de cozinha (GLP), com validade daqui a seis meses.

A decisão foi tomada em reunião extraordinária do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), colegiado de ministros presidido pelo ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque.

Atualmente, o botijão residencial de até 13 quilos (que corresponde a aproximadamente 72% do mercado nacional) tem subsídio cruzado.

 

Quem consome acima de 13 quilos acaba pagando mais. Isso não significa, porém, que o preço seja mais baixo para os vasilhames menores.

O ministro Albuquerque afirmou que o botijão de 13 quilos na refinaria custa R$ 23. Para o consumidor, ele chega a R$ 90. Segundo o ministro, o preço nas refinarias ou na importação cairá para até R$ 16.


FONTE: o Globo






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE