DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 30/09/2019    372 Visualizações

VÍDEO – Polícia Militar se depara com acidente na BR-364 e presta socorro ao condutor

Imediatamente, os PM’s pararam a viatura e foram averiguar o ocorrido, sendo constatado que o condutor estava desorientado e apresentando sangramen
Compartilhar

 O grave capotamento foi registrado na manhã desta sexta-feira 27/09 no Km-535 da BR-364. Uma guarnição da Polícia Militar do Distrito de Bom Futuro passava pelo local, quando os Militares pararam e prestaram apoio ao condutor. Devido ao fato de a vítima não apresentar fraturas aparentes e visando agilizar o socorro, os Militares colocaram o condutor na viatura e foram de encontro com a unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A vítima foi conduzida a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) onde ficou sob cuidados médicos especializados. Confira a matéria:

RELEMBRE:

 

  Por volta das 9 horas desta sexta-feira 27/09, uma guarnição da Polícia Militar se deslocava pela BR-364 com destino ao Distrito de Bom Futuro, quando os Militares se depararam com um acidente de trânsito. Imediatamente, os PM’s pararam a viatura e foram averiguar o ocorrido, sendo constatado que o condutor estava desorientado e apresentando sangramentos, porém não possuía nenhuma fratura aparente, por isso, a vítima foi colocada na viatura que foi de encontro com a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). No Km-521, o condutor foi retirado da viatura da Polícia, recebeu atendimento do SAMU, foi imobilizado e conduzido ao Pronto Socorro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para receber atendimento médico especializado. A vítima relatou que conduzia a caminhonete pela rodovia, quando teve a visão prejudicada por uma carreta, acabando por sair da pista, cair na ribanceira e capotar pelo menos três vezes.

 

 


FONTE: : ARIQUEMES190.COM.BR

Aos leitores, ler com atenção

*Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.*







  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE