DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 04/10/2019    102 Visualizações

Hacker de codinome ‘Professor’ é o arquiteto do ataque à Lava Jato

A palavra “professor” ficou definida pelo grupo de hackers como sendo o código a ser usado caso algo desse errado.
Compartilhar

Após ser preso pela Polícia Federal (PF) no dia 23 de julho, o motorista de aplicativo Danilo Cristiano Marques recebeu a visita surpresa de um advogado que até então desconhecia.

Um dos quatro presos na primeira fase da Operação Spoofing, que investiga o hackeamento de centenas de autoridades do Brasil, Danilo disse à PF que o advogado declarou:

“Calma, estou aqui a mando do ‘Professor’. Você não vai precisar pagar por sua defesa.”

Professor é um personagem de “La Casa de Papel”, série espanhola de sucesso do serviço de streaming Netflix.

Na vida real dos hackers brasileiros, segundo o site UOL, “Professor” é o codinome programador Thiago Eliezer Martins Santos, considerado o mentor intelectual por trás dos crimes de Walter Delgatti Neto, o cibercriminoso conhecido como “Vermelho”.

Em depoimento à PF, Delgatti confessou ter hackeado as autoridades brasileiras e afirmou ter vazado mensagens capturadas em celulares de procuradores da Lava Jato para o site panfletário Intercept.

Segundo informações dos investigadores, o “Professor” tem conhecimentos avançados na área de tecnologia da informação e especialista em invasões de sistemas. Foi ele quem ensinou Delgatti a invadir os celulares e aplicativos.

A palavra “professor” ficou definida pelo grupo de hackers como sendo o código a ser usado caso algo desse errado.

Na prática, no entanto, a estratégia dos cibercriminosos parece não ter funcionado, pois Danilo não aceitou ajuda do advogado e resolveu contar tudo que sabe. Ele preferiu a representação da Defensoria Pública da União e contou a história do professor à PF.

Os investigadores juntaram a informação do codinome de Thiago Eliezer ao manancial de provas já colhidas contra o “Professor”.


FONTE: Renova Midia






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE