DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 06/10/2019    277 Visualizações

Brasileiro: Flamengo vence a Chape e chega a 10 jogos de invencibilidade

Compartilhar
A Chapecoense até tentou oferecer alguma resistência ao poderoso rubro-negro, principalmente no 2º tempo, porém, sem o mesmo talento disponível, chegou à 14ª derrota em 23 jogos e permanece na última colocação do torneio.

Mesmo com desfalques, o Flamengo mostrou sua força na Arena Chapecó na manhã deste domingo (06/10/2019). Com gol de cabeça de Bruno Henrique, o líder do Campeonato Brasileiro somou mais três pontos e chegou a 10 jogos de invencibilidade no torneio. A Chapecoense até tentou oferecer alguma resistência ao poderoso rubro-negro, principalmente no 2º tempo, porém, sem o mesmo talento disponível, chegou à 14ª derrota em 23 jogos e permanece na última colocação do torneio.

Com o resultado, o Flamengo abre vantagem de 6 pontos para o segundo colocado Palmeiras (52 a 46), que ainda entrará em campo na tarde deste domingo, para enfrentar o Atlético-MG.

Na próxima rodada, o Flamengo recebe o mesmo Atlético-MG na quinta-feira, às 20h, no Maracanã. A Chapecoense, cada vez mais lanterna, com 15 pontos, vai ao Castelão, na quarta, às 20h30, enfrentar o Fortaleza.

O jogo
Apesar dos desfalques, o Flamengo começou bem a partida. Com um Everton Ribeiro bastante participativo, pressionou a Chape e conseguia sempre recuperar rapidamente a bola. Reinier também foi um destaque do início de jogo. O Rubro-negro chegou a somar 73% de posse de bola.

A superioridade flamenguista continuou em exibição ao longo da primeira etapa. Com espaços na marcação, os cariocas somaram nove finalizações contra uma do adversário até os 30 do 1º tempo.

 

2º tempo
No retorno da etapa complementar, apesar de o Flamengo ter continuado a sua pressão, a Chapecoense adiantou suas linhas e conseguiu segurar um pouco mais a bola no campo de defesa rubro-negro.

Apesar da pequena resistência da Chapecoense, foi o Flamengo que quase chegou ao segundo gol. Aos 33 do segundo tempo, Rafinha fez cruzamento, Pablo Marí subiu e carimbou a trave direita de Tiepo.


FONTE: METRÓPOLES






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE