DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 16/10/2019    212 Visualizações

O ARRAIAL FLOR DO MARACUJÁ 2020

Como dissemos, o Arraial Flor do Maracujá 2020, já está na pauta de discussão dentro da Sejucel.
Compartilhar

Como dissemos, o Arraial Flor do Maracujá 2020, já está na pauta de discussão dentro da Sejucel.

Segunda feira dia 14, à noite, no auditório do Palácio Presidente Vargas antiga sede do governo estadual, aconteceu reunião, na qual os técnicos da Sejucel, explicaram aos dirigentes de grupos folclóricos, como acontecerá a aquisição de material utilizados nas confecções das indumentárias das Quadrilhas e Bois Bumbás.

Cada grupo terá que entregar a relação de material até o dia 30 deste mês, à direção da Unajup que encaminhará a Sejucel. Daí pra frente, tem que se ficar torcendo para que a emenda da deputada federal Mariana Carvalho, seja de um valor que dê para comprar de preferencia todo material relacionado e depois, ficar torcendo para que as empresas se interessem pela ATA.

O certo é que o superintendente Jobson Bandeira e sua equipe estão realmente, disposto a transformar o Arraial Flor do Maracujá no maior e mais organizado evento folclórico da Região Norte.

Praticamente todos os representantes dos grupos de Quadrilhas Juninas marcaram presença. Dos bois bumbás, registramos a presença dos representantes do Diamante Negro, Veludinho, Corre Campo e Estrela de Fogo. Faltaram Az de Ouro, Tira Teima, Marronzinho e Manhoso.

Acho que a Federon deveria marcar uma reunião com todos os grupos e esclarecer aos que não participaram, como proceder para entrar na relação de material da Sejucel.

Por falar em Sejucel, segunda pela manhã, como divulgamos na coluna de ontem, estiveram reunidos no gabinete do superintendente Jobson na Sejucel o presidente da Funcultural de Porto Velho Antônio Ocampo Fernandes e o Diretor de Cultura Eudes Claudino.

E como parede tem ouvido, o assunto tratado foi sobre os desfiles do blocos carnavalescos de trio elétrico em 2020, especificamente a estrutura de grades e banheiros químicos.

As escolas de samba não foram nem citadas durante a reunião. O que será que essa turma tem contra os desfiles das escolas de samba?

Mesmo assim, após cobrança, o Eudes entrou em contato com o presidente da Câmara de Vereadores de Porto Velho Edwilson Negreiros sobre se realmente, a promessa de ajuda às escolas de samba de Porto Velho estava de pé.

Edwilson Negreiros respondeu na 'BUCHA': "Minha palavra, é palavra de HOMEM rapaz, se prometi, cumprirei a promessa"!

Pelo menos temos a palavra do presidente como garantia de recurso para as escolas de samba. Acontece que o valor desse subsídio só será conhecido no final deste ano ou no começo de 2020.

Aí, segundo o que ficou prometido, o saldo que sobrar, metade será investido em obras sociais e a outra metade, vai para as escolas de samba. Tomara que essa metade seja boa!

Por falar em Federação das Escolas de Samba de Porto Velho FESEC, ontem recebi o telefonema de uma pessoa, querendo saber o que é necessário para ser candidato à presidência da entidade que coordena as escolas de samba.

O cara não disse o que faz, se é empresário de eventos ou apenas promoter, mas segundo ele, caso consiga se candidatar, vai basear sua campanha na promessa da realização dos desfiles das escolas, sem depender de verba pública. Vamos ficar no aguardo da próxima ligação, para realmente tentar saber de quem se trata.

Se não estou enganado, a eleição na Fesec deve acontecer em maio do próximo ano. O Reginaldo que se vire se quiser permanecer à frente da FESEC.

To apenas aguardando a programação da Conferencia Estadual de Cultura que o Chicão Santos ficou de enviar e até o fechamento dessa coluna as 17h30. Não havia chegado!


FONTE: 015 - Silvio Santos/NewsRondonia






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE