DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 17/10/2019    606 Visualizações

Detento é assassinado ao sair de presídio e grávida fica baleada em Rondônia

Horas após um ex-detento ser assassinado quando saía da Colônia Penal, outro egresso do Presídio Cone Sul foi morto nas mesmas circunstâncias
Compartilhar
(Divulgação)

A guerra entre facções criminosas, que vem apavorando Vilhena (RO) nos últimos meses, resultou na segunda execução a tiros no mesmo dia, na manhã desta quinta-feira, 17. Horas após um ex-detento ser assassinado quando saía da Colônia Penal, outro egresso do Presídio Cone Sul foi morto nas mesmas circunstâncias. 
 


Informações obtidas pelo jornal junto a fontes policiais revelam que o ex-presidiário Gilson José dos Santos, 30 anos, estava trafegando de carro com uma jovem de 23 anos, aparentemente sua esposa, quando foi abordado por dois homens numa moto preta. No veículo estavam três crianças, uma delas ainda bebê, mas nenhuma delas foi atingida pelas balas. O ataque aconteceu no Setor 9.
 


Atingido por vários disparos, Gilson morreu na hora, enquanto a suposta a parceira dele, Francieli Pereira dos Santos, grávida de 7 meses, sobreviveu e foi levada para o Hospital Regional. O site apurou que a garota sofreu duas perfurações de bala, e os médicos estão analisando o estado do bebê.
 


Um experiente policial civil, que atua em ambos os casos, disse que são grandes as chances de os mesmos assassinos terem atacado os dois casais. “Pode ter certeza de que isso é acerto de contas entre membros do Comando Vermelho e do PC, que agem a mando de colegas que cumprem penas no presídio Cone Sul”, revelou o entrevistado.


FONTE: FOLHA DO SUL ONLINE

Aos leitores, ler com atenção

*Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.*







  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE