DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 17/10/2019    865 Visualizações

ENERGISA SUSPENDE FORNECIMENTO DE ENERGIA DE CONSUMIDOR TETRAPLÉGICO DESDE A SEMANA PASSADA

Já são 6 noite no escuro, enfrentando um calor infernal, muitos pernilongos, e muita humilhação...
Compartilhar

O Sr. OSIAS BORGES DA SILVA é tetraplégico a mais de 30 anos, mas nem isso sensibilizou a equipe da ENERGISA que foi na sua residência na quinta-feira passada (10/10), cortou a energia, tirou o relógio e os fios, e levaram embora.

Esse fato nos chamou atenção através de uma transmissão ao vivo, da residência dessas vitimas da ENERGISA, feita pela vereadora CRISTIANE LOPES, que foi acionada, segundo a dona da casa, as 04h00 da manhã, e prontamente atendeu ao clamor dessa família.

Cristiane Lopes acionou o seu jurídico, que ontem mesmo, já no adiantado horário da noite, entrou com ação no plantão judiciário, para que a empresa religasse a energia da residência em caráter de URGÊNCIA.

Já são 6 noite no escuro, enfrentando um calor infernal, muitos pernilongos, e muita humilhação...

Vejam como está a situação do Sr. OSIAS, em cima de uma cama, devido à falta de energia.

O corte de energia foi realizado pela ENERGISA em 10/10, sem aviso prévio, em uma residência onde reside a Sra. DORALICE BORGES DA SILVA que é a irmã do deficiente OSIAS BORGES.

Vale ressaltar, que o corte realizado, foi devido a titularidade da conta e não por falta de pagamento, pois as contas estão devidamente pagas.

No mesmo dia foi solicitada ENERGISA a nova ligação da energia, no entanto foram realizados contatos com o atendimento 0800 da concessionaria, solicitando urgência na ligação, pois trata-se de uma residência com duas pessoas idosas, sendo que uma é tetraplégica.

Qual é o espanto, é que em todos os lugares existem atendimento preferencial e prioritário para idosos e portadores de deficiências, porém para a ENERGISA essa Lei segundo o atendimento 0800, essa Lei não se aplica.

Outro absurdo é, por tratar-se de produto essencial de consumo, não poderia ser cortado de forma alguma, sendo que, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, nenhum de nós poderá negar a essencialidade da água, da energia elétrica, ou do gás. E isso porque o fornecimento desses bens se prende a aspectos fundamentais da proteção da vida, da saúde e da segurança dos seus usuários.

Solicitamos prioridade no atendimento para a ligação da energia, no entanto, a informação dada no call center, é que devemos aguardar o prazo de 5 DIAS ÚTEIS!!!!!!

Depois de toda a luta da Vereadora Cristiane Lopes, juntamente com este jornalista e o repórter policial Wanderson Caldeira, a empresa compareceu agora pela manhã na residência, e resolveu o problema.


FONTE: Carlos Caldeira - NewsRondônia






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE