DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 21/10/2019    221 Visualizações

Confusão dentro de Tabacaria resulta em jovens mortos a tiros

Compartilhar

O duplo homicídio que chocou a população de Ariquemes aconteceu durante a madrugada do último domingo na Tabacaria Babilônia em decorrência uma confusão. Uma guarnição da PM passava pela Av. Tancredo Neves no Setor 03, quando os Militares avistaram pessoas saindo correndo do estabelecimento. Ao averiguar o que estava acontecendo, os PM’s foram informados que havia acontecido um tiroteio e teriam vítimas. Foi solicitado apoio de outras guarnições e as equipes de socorro. Quando a guarnição do Corpo de Bombeiros chegou, os Militares se depararam com o jovem Josué Alves Rodrigues de 20 anos, apresentando sinais vitais. Rapidamente a vítima foi colocada na Unidade de Resgate e durante o deslocamento ao hospital, foram realizadas manobras de reanimação. Ao dar entrada no pronto socorro Josué não resistiu e faleceu. Dentro do estabelecimento estava a vítima Lucas de Jesus Santos de 21 anos que teve a morte confirmada pelo médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A Polícia Civil e Polícia Técnico-Científica (POLITEC) estiveram no local, onde coletaram as informações necessárias para as investigações. Os Policiais localizaram rastros de sangue que saíam da Tabacaria e seguia até a 2ª Rua do Setor 03, sendo que foram realizadas buscas, porém, a possível terceira vítima não foi localizada. Suspeita-se que Josué não estivesse envolvido na briga e foi morto acidentalmente. O caso está sendo investigado para solucionar a motivação do bárbaro crime e identificar o autor ou os autores do homicídio.

         Mais informações no Programa Bronca da Pesada, a partir das 11 horas, com reprise às 20 horas, pela TV do Povo Canal 35 e agora no Digital 35.1, filiada Rede Meio Norte.


FONTE: Ariquemes 190

Aos leitores, ler com atenção

*Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.*







  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE