DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 30/10/2019    242 Visualizações

Ladrões usam criança de 'escudo-humano' durante assalto com reféns

Criminosos acabaram presos depois que a polícia e populares cercaram o imóvel onde acontecia o roubo, em Porto Velho.
Compartilhar

Três pessoas de uma família, incluindo uma criança de 6 anos, foram feitas reféns durante um roubo em um comércio no Bairro Conceição, Zona Sul de Porto Velho. De acordo com a Polícia Militar (PM), o caso aconteceu quando o comerciante se preparava para fechar o comércio, na noite de segunda-feira (28). Na ação, os bandidos usaram uma criança de "escudo-humano".

Segundo o boletim de ocorrência, dois suspeitos chegaram armados, renderam o homem, a esposa e o filho dele e abaixaram as portas do mercado.

A dupla mandou que a família fosse para os fundos do estabelecimento e o homem deitasse no chão. Conforme a ocorrência, um dos ladrões com a arma de fogo manteve as vítimas sob vigilância enquanto o outro pegava o dinheiro do caixa.

Em seguida, os assaltantes levaram a família para o banheiro. Ao mesmo tempo, outro suspeito armado com uma faca recolheu objetos de valor das vítimas, como relógios, aliança e também dinheiro.

Uma das vítimas contou à polícia que um dos ladrões fazia constantes ameaças dizendo que atiraria se alguém reagisse.

Durante o roubo, vizinhos perceberam a movimentação estranha e chamaram pelo comerciante do lado de fora do imóvel. Os suspeitos viram pelas câmeras de segurança a movimentação de pessoas, incluindo um policial de folga, que estava armado.

A dupla ainda tentou fugir, mas vendo que a residência estava cercada, um dos suspeitos pegou o celular da moradora e ligou para a família avisando da situação.

Conforme a polícia, o militar de folga acompanhou a situação até a chegada de uma guarnição. Com a chegada do apoio, começou a intervenção com a identificação dos suspeitos e das vítimas, incluindo a criança de 6 anos, que foi feita de "escudo-humano" pelos assaltantes.

Os suspeitos, um maior e outro menor de idade, pediram a presença de imprensa e aguardaram a chegada do pai de um deles. Para evitar problemas com as pessoas aglomeradas nos arredores, os policiais estacionaram a viatura próximo ao muro e a dupla, usando as vítimas como escudo, se aproximou e se rendeu abandonando as armas.

Com a situação controlada, os dois jovens foram encaminhados à Central de Polícia, onde foi registrada a ocorrência de roubo com restrição da liberdade das vítimas.

Um terceiro suspeito foi preso nas proximidades da residência após uma testemunha informar que ele participou do crime como olheiro. A testemunha, segundo a polícia, ouviu o homem falando que sabia que o roubo aconteceria.


FONTE: G1- RO

Aos leitores, ler com atenção

*Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.*







  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE