DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 06/11/2019    302 Visualizações

CAPACITAÇÃO INICIADA DEVE IMPULSIONAR O TURISMO RONDONIENSE A PARTIR DE 2020

Neste ano, o governo estadual instalou o Centro de Atendimento ao Turista no Porto Velho Shopping. Ali são recebidos visitantes, que dispõem de fart
Compartilhar

A Superintendência Estadual de Turismo (Setur) ingressará em 2020 colhendo os primeiros frutos de seus convênios e programas instituídos em 2019.

A consolidação da primeira fase será a grande alavanca para a continuidade de programas e projetos para o próximo ano, estima o superintendente Gilvan Pereira Júnior.

A Setur aproveita a estrutura de escolas estaduais para ministrar os cursos de capacitação que foram iniciados segunda-feira (4) em Ariquemes, Costa Marques, Ji-Paraná , Nova Mamoré e São Francisco do Guaporé. Em Vilhena, o curso de monitor começará no próximo dia 11.

Qualidade no Atendimento Turístico e Monitor de Turismo tem a duração de 40 horas cada, e o curso de Condutor de Pesca, 60. Ao todo, são 973 vagas.

Em convênio com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), a Setur contempla 22 municípios com três cursos fundamentais para formatar o modelo turístico rondoniense, e com ele, preparar-se para o ecoturismo que também traz visitantes internacionais a Rondônia.

Monitor de turismo começou na terça-feira (5) em Nova União. Condutor de turismo de pesca em Alta Floresta d’Oeste começará na próxima sexta-feira (8); o de qualidade no atendimento em Campo Novo de Rondônia, dia 11 próximo. No dia 18 começa o curso de turismo de pesca em Pimenteiras do Oeste.

“O programa Viaja Mais Servidor estará disponível a partir do dia dois de dezembro”, informa o coordenador de Projetos e Convênios, Willian Souza do Carmo.

“Ao acessar o portal, o servidor encontrará a opção para verificar percentuais de descontos em roteiros turísticos na capital e no interior”, ele explica. “Além deles, parentes de primeiro grau – pais, mães, irmãos e filhos – também usufruem desse programa”, acrescenta.

O servidor terá à sua disposição, ofertas de agências e operadoras de turismo, possibilitando o acesso aos meios de hospedagem, atrativos turísticos, empresas de transporte, clubes de lazer, dentre outros.

Pretende-se incentivar a adoção de programas de descontos, taxas especiais e a facilitação de deslocamentos e de hospedagem. Já a iniciativa privada que aderir ao programa deverá obter movimentação econômica extra, fortalecimento e visibilidade.

Os resultados desse programa serão percebidos a partir do primeiro semestre do ano que vem, acredita Willian do Carmo. “Até lá, muitos servidores aproveitarão vantagens, roteiros, e conhecerão melhor os atrativos de Rondônia”, frisa.

Em outubro, os cursos foram realizados nos seguintes municípios: Alto Alegre dos Parecis, Alta Floresta, Alto Paraíso, Ariquemes, Cabixi, Cacaulândia, Cacoal, Espigão d’Oeste, Guajará-Mirim, Nova Mamoré, Nova União, Ouro Preto do Oeste, Pimenta Bueno, Porto Velho e São Miguel do Guaporé.

ABAV 2020

Neste ano, o governo estadual instalou o Centro de Atendimento ao Turista no Porto Velho Shopping. Ali são recebidos visitantes, que dispõem de farta folhetaria mostrando os atrativos turísticos do estado.

No plano nacional, a Setur também avançará em 2020: de 23 a 25 de setembro do próximo ano participará da 48ª ABAV Expo Internacional de Turismo, no Expo Center Norte, na Vila Guilherme, em São Paulo. É a maior vitrine brasileira no setor e, desta vez, tem amplas possibilidades de a Setur levar frutos regionais para degustação em seu estande, e da mesma forma, o peixe tambaqui, que agradou ao paladar de convidados do Governo de Rondônia em Brasília e São Paulo.

Tambaqui assado agradou em Brasília e São Paulo

GESTOR DE TURISMO

O Ministério do Turismo abriu inscrições para o curso Gestor de Turismo, ministrado na Plataforma de Engajamento e Aprendizagem (PEA).

A formação profissional gratuita e online, promovida pelo MTur desde 2018, foi atualizada e tem como público-alvo maiores de 18 anos, preferencialmente gestores públicos e privados de qualquer atividade relacionada ao setor de turismo.

A formação de 50h é dividida em 35 unidades e abrange os seguintes temas: planejamento; elaboração de projetos; legislação sobre turismo e contratações; programas e ações do MTur. O aluno terá acesso às vídeo-aulas e atividades por meio de qualquer dispositivo com acesso à internet, como smartphone, tablet ou computador.

No ano passado, 9.794 pessoas se inscreveram, entre brasileiros dos 27 estados e estrangeiros de 17 países. São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais foram os maiores emissores nacionais de inscrições. Argentina e Portugal lideraram em número de alunos internacionais inscritos.

As inscrições podem ser feitas até o dia 3 de maio do ano que vem e o prazo para concluir o curso é até o dia 6 de julho de 2020. O próprio aluno emite o certificado de curso profissionalizante pela plataforma do Canal Gestor de Turismo. Clique aqui para se inscrever.

Fale com a Setur

[email protected]

Fale com o Ministério do Turismo

0800 200 8484

[email protected]


FONTE: 015 - Secom - Governo de Rondônia






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE