DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 29/11/2019    163 Visualizações

RONDÔNIA BUSCA SOLUÇÃO PARA CONSTRUIR O NOVO JOÃO PAULO II EM MENOS TEMPO E COM MAIS QUALIDADE

Built To Suit é um termo em língua inglesa (em português: “construir para servir”)
Compartilhar

Com a finalidade de conhecer de perto a experiência exitosa do Hospital Infantil Sabará, que conta com 130 leitos e foi construído por meio do BTS (Built To Suit), modelo pelo qual o Governo de Rondônia estuda como possível para construção do novo João Paulo II, o secretário estadual de Saúde, Fernando Máximo, e o superintendente estadual de Licitações, Márcio Gabriel, estiveram na unidade de saúde, em São Paulo, onde foram recebidos pela diretoria do hospital.

Built To Suit é um termo em língua inglesa (em português: “construir para servir”), utilizado pelo setor imobiliário para identificar contratos de locação a longo prazo, no qual o imóvel é construído para atender aos interesses pré-determinados do locatário. Este modelo já é utilizado pela iniciativa privada há muitos anos e, agora, também tem sido largamente utilizado por órgãos federais como Ministério Público Federal, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e, em Rondônia, pelo Tribunal de Justiça.

Há cerca de um mês, um debate sobre o tema foi realizado na Assembleia Legislativa, organizado pelo deputado Marcelo Cruz, com a presença de vários deputados para esclarecer à população a respeito do modelo de construção.

 

O Tribunal de Contas do Estado de Rondônia também tem oferecido cursos e palestras sobre o assunto que está em voga no Estado.

“O que observamos é uma união de forças do Governo do Estado, Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas, Ministério Público, Tribunal de Justiça e da população geral para construir este hospital no menor tempo e com a melhor qualidade. A população já sofre há décadas pela falta de um hospital que supra a demanda, em Porto Velho. Tenho fé em Deus que vai dar tudo certo”,  diz Fernando Maximo.

Também acompanharam a comitiva os deputados estaduais Marcelo Cruz, Alex Redano, Anderson Pereira, Cassia das Muletas e Ismael Crispim, demonstrando a união em prol da saúde do povo de Rondônia.

 
 

 


FONTE: Secom - Governo de Rondônia






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE