DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 11/01/2020    87 Visualizações

Período de férias requer atenção e cautela no trânsito, alerta BPTran

No mês de janeiro o fluxo de veículos diminui, mas os acidentes tendem a aumentar com as imprudências
Compartilhar

Após as festas de fim de ano, muita gente aproveita para sair de férias, viajar, visitar familiares e pegar a estrada. “Nesse período é até comum diminuir o fluxo de veículos nas cidades, mas mesmo assim é preciso redobrar a atenção e ter ainda mais cautela”, ressalta o comandante geral do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), major Luís Carlos Garibaldi.

“O mês de janeiro é sempre mais calmo, mas em contra partida os acidentes são ainda mais graves. Muita gente viaja nesta época, e por verem a pouca movimentação de veículos, acabam cometendo infrações, o que resulta em desfechos lamentáveis”, alertou o major.

Em 2019, cerca de 193 operações da Lei Seca foram realizadas na capital, e 1.105 pessoas foram presas. Ele explica que os índices, embora tenham diminuído ao longo dos anos, mostram como a combinação álcool e direção ainda estão presentes na cultura do portovelhense.

E para conter as imprudências, a BPTran tem feito trabalhos educativos, em parceria com outros órgãos, a fim de orientar passageiros e condutores sobre os cuidados com passeios e viagens, principalmente se for pegar a estrada.

EVITANDO ACIDENTES: PREVENÇÃO

Segundo o major, não há segredos ou fórmula mágica para evitar os acidentes, a prevenção é o único caminho. “Nós orientamos àqueles que pretendem viajar, que façam uma revisão do veículo, verificando a funcionalidade, principalmente os freios para garantir maior segurança.

É importante, também, não esquecer-se da documentação do motorista e do veículo, bem como o uso do cinto de segurança. No caso das crianças menores, é imprescindível o uso da cadeirinha de bebê. O clima também deve ser levado em consideração.

PLANEJAMENTO

Antes de iniciar a viagem é bom observar com antecedência o trajeto, verificar se houve mudanças, obras inacabadas e até possíveis obstáculos na via, conhecer nunca é demais. Verificar a quantidade de combustível necessária, e, em casos de longos trajetos, verificar locais para acomodação.

PEGANDO A ESTRADA

As regras, segundo o comandante, continuam as mesmas, embora o fluxo de carros e motos tenha diminuído. “É sempre importante respeitar a velocidade permitida da via, não fazer ultrapassagens ou manobras perigosas, estar atento à sinalização do trânsito, curvas da pista e manter os faróis acesos tanto de dia quanto de noite, item obrigatório como determina a lei. Seguindo essas orientações é possível viajar com segurança”, avaliou o comandante.


FONTE: SECOM






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE