DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 06/02/2020    484 Visualizações

3 deputados de Rondônia votaram contra afastamento de parlamentar envolvido em corrupção

Jaqueline, Mosquini e Mariana Carvalho votaram contra decisão do STF que afastou deputado por corrupção - Foto: O deputado Wilson Santiago (PTB-PB)
Compartilhar

Dois oito deputados federais de Rondônia, três deles, Jaqueline Cassol (PP), Lúcio Mosquini (MDB) e Mariana Carvalho (PSDB), votaram nesta quarta-feira (5) pela rejeição do afastamento do deputado Wilson Santiago (PTB-PB) determinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello no final do ano passado. Na decisão, o ministro argumentou que Santiago colocou o mandato "a serviço de uma agenda criminosa".

Ele foi denunciado pela Procuradoria Geral da República em dezembro passado pelos crimes de corrupção passiva e organização criminosa por supostamente ter desviado recursos destinados à construção da adutora Capivara no Sertão da Paraíba.

Com a decisão dos parlamentares, Santiago retorna ao mandato parlamentar.

Outros quatro deputados federais pelo Estado votaram contra o retorno de Santiago à Câmara: Coronel Chrisóstomo (PSL), Expedito Netto (PSD), Silvia Cristina (PDT) e Mauro Nazif (PSB).

Léo Moraes (Podemos) não compareceu à sessão.




FONTE: Rondoniagora






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE