DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 07/03/2020    231 Visualizações

Ezequiel Neiva propõe ao Governo, financiamento para a reconstrução das rodovias

Parlamentar sugere que financiamento seja de R$ 800 milhões
Compartilhar

Deputado Ezequiel Neiva afirma que o estado de Rondônia precisa urgentemente de um projeto de reconstrução das rodovias estaduais pavimentadas, as mais antigas construídas com a técnica de Tratamento Superficial Duplo (TSD), o conhecido asfalto frio.  

 

A proposta do deputado é que o Governo de Rondônia encaminhe para a Assembleia Legislativa, um projeto de financiamento de aproximadamente R$ 800 milhões, recurso que o parlamentar entende que seja suficiente para a reconstrução das principais rodovias estaduais asfaltadas no Estado.  

 

De acordo com Ezequiel Neiva, as estradas estaduais asfaltadas com mais de 10 anos estão destruídas em diversos trechos. O parlamentar afirma que as rodovias estaduais não foram construídas para suportar o trânsito das carretas bitrem. “Há cerca de 15 anos as carretas eram menores. Carregavam a metade do peso de hoje. Nossas estradas não foram projetadas para suportar toda essa carga”, atentou.

 

Ainda conforme o parlamentar, Rondônia tem cerca de 1.500 quilômetros de rodovias estaduais pavimentadas, dos quais aproximadamente 90% foram construídas em TSD. Neiva explica que a maior parte da safra de grãos (soja, milho, arroz e feijão) é retirada durante o período de chuvas. Ele afirma que as estradas não tiveram uma base preparada para suportar o peso de hoje, e que as chuvas contribuem para o desgaste do asfalto.

 

O deputado entende que é preciso buscar uma solução definitiva, que resolva de fato os problemas nas rodovias estaduais. Disse que se tapa um buraco hoje, amanhã surgem dois, três, quatro buracos. “Não vai adiantar. Se faz um remendo hoje, amanhã, a roupa que é velha vai rasgar e terá que receber novos remendos”, justificou Neiva.  

 

O parlamentar destacou que o Estado não tem recursos próprios para realizar um projeto de restauração das rodovias. Então, a solução seria um financiamento, para que Rondônia tenha estradas transitáveis e seguras


FONTE: ASSESSORIA






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE