• DETALHES DA NOTÍCIA


    Publicado em 13/09/2017    285 Visualizações

    CASO AMOROSO: ADOLESCENTE CONFESSA QUE MATOU PROFESSOR ESTRANGULADO



    Agentes da Delegacia de Homicídios apreenderam no início da tarde desta quarta-feira (13) um adolescente de 15 anos suspeito de matar estrangulado, o professor Eronilson Cunha de Figueiredo, 39, na madrugada do dia 29 do mês passado na residência onde a vítima morava, na Rua Pernambuco, Bairro Três Marias, zona Leste de Porto Velho.

    O adolescente foi localizado em uma casa no centro da capital e confessou o crime. Em depoimento, o menor informou que tinha um relacionamento amoroso com o professor.No dia do crime, a vítima teria flagrado uma mensagem via Whatsapp no celular do suspeito, que seria de uma namorada dele. Houve discussão, que evoluiu para luta corporal. Após matar a vítima estrangulada, o adolescente utilizou o carro de Eronilson para fugir. O menor era morador de Ariquemes e estava residindo havia pouco tempo na capital e confessou o crime. Em depoimento, o menor informou que tinha um relacionamento amoroso com o professor.

    Leia Materia anterior 

    LATROCÍNIO: PROFESSOR É MORTO ESTRANGULADO DURANTE ROUBO A RESIDÊNCIA

    O professor Eronilson Cunha de Figueiredo, 38 anos, foi morto estrangulado na madrugada desta terça-feira (29) em uma residência na Rua Pernambuco, bairro Três Marias, região Leste de Porto Velho. A vítima foi encontrada pelo sobrinho, que avistou o tio em cima da cama com as mãos amarradas para trás e com sinais de estrangulamento. O professor ainda foi socorrido por familiares em um veículo até a UPA, porém, já chegou morto.


    A Polícia Militar foi acionada e quando chegou ao local, o sobrinho de Eronilson informou que estava chegando na casa, no momento que viu um jovem saindo com o carro da vítima e perguntou pelo tio. O  suspeito disse que Eronilson estava no quarto e ele indo comprar um lanche. Desconfiado, o sobrinho correu para ver e acabou se deparando com o tio em cima da cama.

    Minutos depois, a PM foi informada de que o suspeito teria colidido o carro do professor - modelo Ford Focus,  em um poste na Avenida Jatuarana, próximo à BR 364 e abandonado o veículo.

    A polícia apurou ainda que Eronilson era homossexual e sempre levava pessoas diferentes na residência dele. Acredita-se que provavelmente, o suspeito exigia dinheiro e a vítima teria negado. Agentes da Delegacia de Patrimônio investigam o crime.

     

    FONTE: RONDONIAOVIVO- Publicado por Franciely Ribeiro









  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK



    ..::TV BURITI NET::..

    PUBLICIDADE