DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 28/10/2019    279 Visualizações

Advogado é preso por importunação sexual contra duas motoristas de aplicativo

Compartilhar

Um advogado de 36 anos foi preso no sábado (26) pelo crime de importunação sexual contra uma motorista de aplicativo de 41 anos em frente a um hotel na Avenida Alexandre Guimarães com Rua Miguel Chaguiam, bairro Nova Porto Velho, na capital de Rondônia. Ele também é suspeito de cometer crime idêntico contra outra motorista de aplicativo, de 42 anos. 

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima teria sido solicitada para buscar o homem em um restaurante na Avenida Jorgre Teixeira, próximo da rodoviária e quando chegou na frente do hotel para desembarcar o passageiro ele teria tentado beijá-la na boca por duas vezes, mas a vítima virou o rosto. 

A motorista de aplicativo então avisou outros companheiros de profissão e acionou a PM. Quando policiais militares do Batalhão de Choque chegaram, vários motoristas de aplicativo revoltados com o crime cometido pelo advogado estavam na frente do hotel afirmando que iam arrebatar o suspeito de dentro do hotel. 

Sob forte escolta, o advogado foi retirado preso do hotel e levado para a Central de Flagrantes. Durante a ocorrência, outra motorista de aplicativo denunciou o homem por ter a importunado ainda na madrugada de sábado em frente ao mesmo hotel. "Ele queria me dar R$ 200,00 para eu ir em um motel com ele e não aceitei. Ele quis também manter relação sexual comigo dentro do meu carro", disse a mulher. 

O advogado declarou que está na capital para fazer uma prova de magistratura do Tribunal de Justiça e que não forçou nenhuma mulher a nada.


FONTE: G1/RO

Aos leitores, ler com atenção

*Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.*







  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE