DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 31/10/2019    236 Visualizações

Procura por exames de mamografia ainda é baixa em Rondônia

Atendimentos no Orgulho do Madeira
Compartilhar

Mesmo com a intensa campanha realizada no mês de outubro, a procura pelo exame de mamografia, que é uma espécie de raios X das mamas considerado simples, mas muito importante para ajudar no diagnóstico precoce do câncer de mama, ainda é baixa.

De acordo com os dados da Secretária Estadual de Saúde (Sesau), até agosto deste ano foram realizados 6.829 exames, sendo que no mesmo período do ano passado foram 10.864.

“É através da mamografia que é possível fazer o diagnostico precoce, com chances de 90% de cura de um câncer de mama, e se for tardio o tratamento é paliativo podendo até mesmo chegar à morte”, destacou a coordenadora da Gerência em Programas Estratégicos em Saúde (GPES), Annelise Medeiros.

De acordo com a coordenadora do GPES, o serviço de mamografia está disponível o ano inteiro em todo o Estado.

” O primeiro passo para a mulher é procurar a unidade básica de saúde mais próxima de sua casa para fazer a consulta e, se ela se encaixar na faixa etária, o médico faz a solicitação do exame. As mulheres têm que ter consciência de que é através da mamografia que se pode ter um diagnóstico precoce”, afirmou.

Ainda de acordo com as estatísticas da Sesau, somente neste ano, 46 mulheres foram diagnosticadas com câncer de mama na capital de Rondônia. Os números apresentados pelo GPES/Sesau ainda são altos e, infelizmente, demonstram que os casos continuam aumentando. De 2015 a 2019, em Rondônia, 352 mulheres morreram vítimas de câncer de mama, sendo 128 na capital. O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais comum em mulheres no Brasil e no mundo, ficando apenas atrás do câncer de pele não melanoma.

No mês de outubro, quando é comemorado o Outubro Rosa, se fala mais devido à campanha, e, a partir desse mês, a procura aumenta. “Não podemos esperar chegar o mês de outubro para fazermos a mamografia. Segundo o Instituto Nacional de Câncer, até o final deste ano, cerca de 200 mulheres podem descobrir que tem câncer de mama em Rondônia, 80 somente na Capital”, disse Annelise Medeiros.

Atualmente, no município de Porto Velho, o exame de mamografia é realizado no Centro de Especialidades Médicas (CEM); no Hospital de Amor; Clínica de Imagem e Diagnóstico (CDI); além da Carreta Móvel, todos pelo SUS.

O Ministério da Saúde preconiza que devem fazer o exame preventivamente mulheres a partir dos 40 anos de idade com intervalo de 1 a 2 anos para mulheres sem história familiar de câncer de mama, caso haja algum caso na família (avó, mãe, tia ou irmã) a mamografia deve ser realizada a partir dos 35 anos anualmente.


FONTE: SECOM






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE