DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 02/11/2019    444 Visualizações

RONDÔNIA ESTÁ ENTRE OS SETE ESTADOS BRASILEIROS ESCOLHIDO PELA TRANSPARÊNCIA INTERNACIONAL PARA PROJETO DE COMBATE À CORRUPÇÃO

Compromisso da alta liderança com combate à corrupção leva Rondônia a se destacar no cenário nacional
Compartilhar

As mudanças estruturantes promovidas nos últimos dez meses para o combate firme à corrupção levaram Rondônia entre os sete estados brasileiros, e único da Amazônia, selecionado pela Transparência Internacional para desenvolver projeto piloto de enfrentamentos às práticas ilícitas.

O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (1) pelo consultor do Centro de Conhecimento Anticorrupção da Transparência Internacional – Brasil, Guilherme France, em visita ao governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha. O combate à corrupção faz parte do Plano Estratégico da gestão Marcos Rocha como eixo prioritário.

‘‘A Transparência buscou estados que tivesse o compromisso da alta liderança com o combate à corrupção e isso foi medido não só por discursos dos governadores, mas, também, pelas práticas efetivas, as quais constatamos em Rondônia através de decretos e leis; e onde houvesse ainda estrutura institucional como a Controladoria do Estado de Rondônia para cuidar das ações anticorrupção e do plano de integridade que será desenvolvido’’, esclareceu o consultor.

O pacote de medidas anticorrupção foi lançado no Estado em abril, com a presença do ministro da Justiça, Sérgio Moro, e inclui dois termos de cooperação, três decretos e três projetos de lei. Na linha de frente da missão na gestão Marcos Rocha, o controlador geral do Estado, Francisco Lopes Fernandes Netto, pontuou as ações já adotadas em Rondônia para o combate à corrupção. ‘‘Fizemos parcerias com universidades, treinamento de chefias, ampliação do canal de controle, criação do Comitê da Transparência”, disse o controlador. Além da aprovação na Assembleia Legislativa da criação da Delegacia Especializada Anticorrupção.

Para o governador, a escolha por Rondônia feita pela Transparência Internacional vem para consolidar os esforços de enfrentamento a essa problemática. ‘‘Fico extremamente feliz por Rondônia ter sido escolhido. Quando a gente começa a trabalhar contra a corrupção, então vemos que tem gente decente que também quer isso. Parabéns à Transparência Internacional por essa atuação. Eu quero fazer com que o estado de Rondônia seja mais transparente para avançar no combate à corrupção. E o que peço é que Deus abençoe a todos nessa missão’’, disse o governador.

Para o consultor, as experiências positivas de Rondônia podem ser compartilhadas com os demais estados do Brasil, assim também como a proposta do Plano de Integridade é incluir Rondônia no intercâmbio de conhecimento de boas práticas. ”Temos que canalizar essa sinergia da indignação da sociedade para criar reformas estruturais e é muito bom estar em Rondônia e ver as mudanças que vocês estão promovendo”, afirma o coordenador de Projeto Ambiental da Transparência Internacional, Renato Morgado.

A secretária de Controle Externo do Tribunal de Contas da União (TCU) no Estado de Rondônia, Paula Gigliane de Oliveira, também pontuou com satisfação a boa recepção do Executivo em unir esforços para o combate à corrupção.

TRANSPARÊNCIA INTERNACIONAL

A Transparência Internacional é um movimento global com o objetivo de alinhar em todo mundo governos, empresas e a sociedade civil para um cotidiano livre da corrupção. Possui um pacote de 70 medidas de combate à corrupção que foi entregue para apreciação do governo de Rondônia.

 

 


FONTE: Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE