DETALHES DA NOTÍCIA


Publicado em 05/11/2019    263 Visualizações

Rondônia reforça segurança pública com entrega de equipamentos a Polícia Civil

O Estado foi contemplado em mais de R$ 2 milhões em doações, parte destas é destinada à Polícia Civil
Compartilhar

A entrega de veículos, artefatos, munições, equipamentos e armamentos à Polícia Civil foi realizada na manhã desta segunda-feira (4), pelo governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, para o avanço do combate à criminalidade. Os itens fazem parte do material extra-legado, utilizados na Olimpíada do Rio 2016, e que foram adquiridos através de convênio firmado com o Ministério da Justiça.

Rondônia foi um dos estados brasileiros que mais recebeu itens do extra-legado em um trabalho firme do governador junto ao governo federal.

‘‘Nós ficamos em quarta posição em itens e valores recebidos do extra-legado. Isso para gente é uma tremenda honra que o governo federal tem nos dado’’, disse Marcos Rocha.



O Estado foi contemplado em mais de R$ 2 milhões em doações, parte destas é destinada à Polícia Civil. Os materiais serão distribuídos entre a Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e a Delegacia de Repreensão as Ações Criminosas (Draco). Também foram entregues, através de convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), materiais, equipamentos e veículos para a Polícia Civil, Delegacia de Homicídios e Draco. Além de materiais e equipamento para o Instituto Médico Legal (IML). E ainda foi inaugurado, na ocasião, o Núcleo de Operações com Cães, na estrutura da Delegacia de Narcóticos (Denarc), devido a relevância do emprego de cães adestrados no auxílio das ações policiais.

De acordo com a Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), o investimento supera R$ 1, 5 milhão em extra-legado e doações da Senasp. “2019 vem sendo um ano diferenciado, e com resultados expressivos. Graças a sensibilidade do nosso governador, coronel Marcos Rocha, para com a Polícia Civil, permitindo a reestruturação do Departamento de Inteligência (DEI), juntamente com a criação de Delegacia de Combate à Lavagem de Dinheiro e Delegacia de Combate à Corrupção, além da criação do Core’’, pontua.

A Polícia Civil realizou este ano mais de 70 operações, mais da metade de forma integrada com a Polícia Militar. Foram mais 540 prisões efetivadas, 426 buscas e apreensões e cerca de 800 mandados de apreensões cumpridos. Também foram apreendidos mais de 90 veículos e mais de 1,6 kg de drogas. Retirou ainda quase 1 milhão de munições de circular irregularmente no Estado.

Para o governador Marcos Rocha, as melhorias na Segurança Pública de Rondônia fazem parte do planejamento de levar Rondônia para um novo patamar de desenvolvimento no cenário nacional. Reforçou a importância da união de esforços e agradeceu à Assembleia Legislativa, que esteve representada pelos deputados Anderson Pereira e Eyder Brasil na solenidade, pela aprovação dos projetos encaminhados pelo Executivo que beneficiam a sociedade.

‘‘Em 10 meses, Rondônia subiu da 17ª posição para a 3ª em Controle Fiscal e Atração de Investimento no Ranking de Gestão e Competitividade dos Estados. Nós podemos deixar Rondônia como o melhor estado para viver e trabalhar, mas para isso precisamos estar unidos. Não podemos deixar jamais de honrar a nossa terra’’, afirma o governador.

Também estiveram presentes na solenidade o secretário adjunto da Sesdec, delegado Hélio Gomes, o diretor-geral da Polícia Civil, Samir Fouad Abboud e a diretora adjunto da PC, Alessadra Paraguassu.


FONTE: SECOM






  • COMENTÁRIOS DO FACEBOOK

    PUBLICIDADE