ADELINO FOLLADOR:Centro de Ressocialização (Presídio) de Ariquemes

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
 Tivemos uma reunião, nesta sexta-feira (20), no Auditório do Ministério Público (MP) de Ariquemes, dirigida pelo Drº Thiago Lopes Nunes, titular da 6ª Promotoria de Justiça, com a participação da Defensoria Pública, OAB, MP e Assembleia Legislativa, representada por mim e o deputado Alex Redano, para discutir sobre os problemas do Centro de Ressocialização de Ariquemes (CRARI).
Foram abordados temas como: Superlotação, evasões, precariedade e fragilidade Estrutural, resultando nas sucessivas fugas, sendo que a capacidade da unidade é para 198 presos, e já chegou a abrigar cerca de 650.
O Presídio já registrou 20 episódios de fuga desde sua inauguração em 28/07/2017, senda a primeira menos de uma semana depois da inauguração, ou seja, no dia 03/08 do mesmo ano. Em 3 anos evadiram cerca de 150 presos perigosos, deixando a população sempre em alerta, especialmente os moradores da região onde a unidade está instalada.
Como solução urgente foram apresentadas algumas sugestões, como: Construção de novas celas e novas alas no CRARI, elevando sua capacidade em mais 400 vagas.
Por fim, ficou determinado que iremos promover uma Audiência Pública na Assembleia Legislativa, com data a ser marcada nos próximos dias.
FONTE:ASSESSORIA
final materia 1
final materia

Deixe um comentário

WorldNet Notícias
Da costa Notícias
prime
Paiva Veículos Notícias
Atacarejo Preço Baixo Da Costa Notícias

Posts Relacionados