AUXÍLIO EMERGENCIAL: Trabalhadores da cultura precisam atualizar cadastro para receber recursos

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Na expectativa de atender o mais rápido possível os profissionais da cultura e arte, o Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel) tem efetuado desde dezembro de 2020 as remessas para os contemplados com o auxílio emergencial pela Lei federal Aldir Blanc, em virtude do cenário pandêmico. Porém, devido a algumas pendências de dados identificadas pelo banco, alguns proponentes tiverem o estorno do auxílio e com isso não receberam.

 

É por essa razão que a Sejucel faz o chamado àqueles que ainda estão com o benefício em aberto, a fim de  confirmem seus dados para as comissões o mais breve possível, para que a efetuação do pagamento seja realizada. O contato pode ser feito através do e-mail da Superintendência: [email protected].

 

Dos 400 artistas beneficiados, poucos não receberam o recurso na data prevista, por conta das pendências. Algumas  já foram ajustadas e liberadas para pagamento nos dias 6 e 7.

 

De acordo com a coordenadora Administrativa e Financeira da Sejucel, Camila Lima Ribeiro, o propósito do Governo do Estado é dar agilidade para a efetivação do pagamento, mas para isso se faz necessário o ajuste dessas pendências.

 

“Já entramos em contato com alguns proponentes, através do e-mail da Superintendência e tivemos retorno. Mas aqueles que ainda necessitam de confirmação dos dados bancários, entre outras informações, podem enviar o e-mail, a fim de darmos celeridade ao pagamento”, observou.

 

A efetuação do pagamento aos beneficiários ocorre por meio de um sistema específico de crédito em conta corrente, o BBPAG. Com isso, os dados cadastrados precisam estar devidamente corretos, a fim de evitar bloqueios. O possível motivo de estorno acontece quando: proponente se inscreveu como pessoa jurídica e apresentou conta corrente de pessoa física; proponente criou conta, mas não ativou; proponente enviou dados bancários errados.

 

O gerente da agência bancária responsável pelo sistema do pagamento, Ronnie Leal Gomes explica que o banco concilia os dados cadastrados na conta com as informações apresentadas nos projetos. Quando as documentações não coincidem, surge a rejeição do arquivo. “Tivemos muitos casos ocorridos, mas já estamos regularizando isso para que a efetuação do pagamento ocorra com sucesso”, declarou Ronnie.

 

A expectativa é que até a próxima semana tudo esteja sanado.

 

Fonte: Secom- Governo.

 

 

final materia 1
final materia

Deixe um comentário

WorldNet Notícias
Da costa Notícias
prime
Paiva Veículos Notícias
Atacarejo Preço Baixo Da Costa Notícias

Posts Relacionados