Cão farejador da Polícia Civil reforça apreensão de drogas em Rondônia

Hobin, um cão farejador da raça Pastor Belga Malinois, ajudou o Departamento de Narcóticos (Denarc), da Polícia Civil de Rondônia, a localizar 12 quilos de cocaína em um carro. Esse montante foi avaliado em cerca de R$ 300 mil. A apreensão de drogas aconteceu em Porto Velho.

A busca fez parte da Operação Hórus, de combate a crimes na fronteira. Na ocasião, os policiais identificaram um homem suspeito que viajava de Guajará-Mirim para Porto Velho e avisaram os agentes da capital.

Quando o suspeito chegou à capital, foi abordado, porém, os policiais não encontraram droga. Diante da contradição, os policiais levaram ele com o carro até a sede do Denarc. Através do Núcleo de Operações com Cães (Noc), a droga foi encontrada no fundo falso da carroceria do veículo.

Para o delegado e diretor do Departamento de Narcóticos, Raimundo Mendes, os cães são de extrema importância para a busca de drogas. “A vantagem é a certeza que iremos apreender esses entorpecentes, temos a rapidez na identificação do odor, e assim diminuímos a margem de erro”.

Raimundo ainda explica, que mais duas cadelas estão em fase de treinamento e vão somar à equipe. “Essas duas cachorras estão em finalização do treinamento, assim que elas concluírem vão se juntar ao Hobin no combate ao tráfico de drogas”.

Fonte:SECOM

Nada para mostrar aqui

Deixe um comentário

Posts Relacionados

TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM BURITIS

Aconteceu hoje aproximadamente às 13 horas próximo da avenida Paraná st. 02 em Buritis uma tentativa de homicídio. O fato que ainda está sendo objeto