CORONAVÍRUS: Justiça indefere pedido e academias continuam fechadas na capital

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Academias de ginástica e práticas esportivas permanecem proibidas de funcionarem em Porto Velho, essa foi à decisão do Desembargador do Tribunal de Justiça do estado de Rondônia – TJ/RO, Marcos Alaor Diniz Granjeia, após indeferir um mandado de segurança impetrado por empresários do ramo contra o Decreto Estadual que permite apenas o funcionamento de atividades essenciais dentro da cidade.

 

De acordo com o Desembargador, o avanço da pandemia de COVID-19 em Rondônia, que já conta com mais de 20 mil infectados e 555 mortes, além da autonomia dos estados e municípios em gerir as politicas de combate da pandemia, são os fatores que contrariam a possibilidade da abertura das academias.

 

Para o desembargador, a preocupação prioritária de todos os poderes nesse momento é não deixar que pessoas morram pela falta de leitos nas unidades médicas, razão pela qual são aplicadas as medidas de isolamento social em Rondônia.

Na próxima semana uma nova análise será promovida para calcular o numero de leitos disponíveis em Porto Velho para decidir se o comercio continua apenas com serviços essenciais ou reabre de forma gradual.

 

 

 

FONTE :Rondoniaovivo – João Paulo Prudêncio

final materia

Deixe um comentário

pbrindes
da costa 2
deputados fotos
anuncio
anuncio 2
anuncio 3
da costa

Posts Relacionados