Covid-19 se espalha no território indígena Paiter Surui

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Lideranças do povo que vive na Terra Indígena Sete de Setembro próxima ao município de Cacoal em Rondônia, pedem ajuda em vídeos e carta à sociedade para enfrentar o espalhamento da doença nas 28 aldeias.

Além das ameaças constantes de invasões, os desmatamentos e queimadas, eles enfrentam agora a pandemia que já infectou mais de 40 indígenas.

Os Surui reclamam como os demais povos indígenas de abandono pelo governo.

O protagonista do filme O Ex-Pajé, Perpera, é um dos infectados e o diretor Luiz Bolognesi lamentou nas redes sociais que cultos possam ter provocado tantos contágios e tão rapidamente.

Confira a Carta:

O Povo Paiter Suruí, através desta carta, vem expor a atual situação da comunidade em face do coronavírus que atingiu as aldeias e exigir das autoridades responsáveis medidas urgentes para a contenção da doença e tratamento dos indígenas infectados.

O coronavírus já atingiu a Terra Indígena 7 de Setembro e atualmente existem 41 casos de indígenas que foram infectados, 13 casos de indígenas que permanecem com o vírus ativo e 4 indígenas em estado crítico de saúde que se encontram internados.

Esta situação não é fato isolado do Povo Paiter Suruí, pois várias comunidades indígenas do estado de Rondônia e do Brasil se encontram do mesmo jeito, chegando em Rondônia a 9 óbitos e 304 infectados apenas no polo do DSEI Vilhena.

Apesar da grave situação do Povo Suruí medidas urgentes ainda não foram tomadas para conter o vírus dentro das comunidades e os indígenas em estado grave que correm risco de morte ainda não foram transferidos para a UTI por falta de leitos.

Diante da situação exposta, o Povo Paiter Suruí vem solicitar imediata providencia das autoridades responsáveis:

  • Instalação de um Hospital de Campanha com UTI para atender os povos indígenas de Rondônia e Mato Grosso atendidas pelos DSEI Porto Velho e Vilhena;
  • Contratação de mais profissionais de saúde para atenderem nos DSEI e nos postos de saúde indígena dentro das aldeia, com equipamentos e medicamentos necessários para atender os casos de COVID.
  • Teste para ser feito em todos os indígenas, que apresentem os sintomas de Covid;
  • Divulgação diária por povo indígenas junto as suas Associações e comunidades.
  • Criação de um Comitê de Dialago composto por representantes dos povos indígenas, parceiros (ONGS) e profissionais de saúde.
    Nos colocamos à disposição para mais informações ou esclarecimentos.

Assinam as lideranças Paiter Surui

Almir Narayamoga Surui
Anine Gaami surui
Naraykokir Surui
Mopiri surui
Agamenon surui
Romero surui
Rubens Naraikoe Surui

Por: Luciana Oliveira

 

 

 

 

Fonte:Assessoria

final materia 1
final materia

Deixe um comentário

WorldNet Notícias
Da costa Notícias
prime
Paiva Veículos Notícias
Atacarejo Preço Baixo Da Costa Notícias

Posts Relacionados