Desafios da Educação Profissional Técnica e Tecnológica no contexto atual de Rondônia serão discutidos em Fórum

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

Técnica agrícola na escola Abaitará, em Rondônia

 

No dia 1º de julho, o Governo de Rondônia, por meio do Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação Profissional de Rondônia (Idep) promoverá um fórum nacional on-line em parceria com o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) destinado aos alunos do curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Docência para a Educação Profissional e Tecnológica, a partir das 18 horas, com transmissão pela página do Idep no Facebook: facebook.com/idep.rondonia.

Entre as palestras do 1º Fórum do Curso de Pós-graduação Lato Sensu em Docência para a Educação Profissional e Tecnológica (DocentEPT) de Rondônia está a que será ministrada pela presidente do Idep, Adir Josefa de Oliveira com o tema: “Os Desafios e as Perspectivas da Educação Profissional Técnica e Tecnológica no contexto atual de Rondônia e do Brasil”.

Para a presidente, a oportunidade da especialização aconteceu em um momento oportuno para o Estado, uma vez que a formação para o emprego e empreendedorismo gera renda e crescimento.

“A educação profissional está entre as metas prioritárias do Poder Executivo, e a formação de professores voltados para a educação profissional era uma demanda reprimida no segmento, que tem a educação básica como foco. Com essa especialização, estamos fortalecendo as oportunidades para a sociedade alcançar maior acesso ao desenvolvimento econômico e social. E esse fórum vem para destacar essa mudança de cenário e a abertura de novos conhecimentos e desafios para os docentes e seus futuros discentes”, explica ela.

A especialização lato sensu é oferecida pelo Ministério da Educação (MEC), pelo programa Novos Caminhos, em parceria com o Ifes. O curso possui carga horária total de 460 horas e duração de 12 meses. Ao todo 107 estudantes de Rondônia estão matriculados no curso, entre profissionais da Educação, lotados na rede estadual e particular, além de profissionais de diversas áreas de formação.

No Estado, acontece em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (Ifro), por meio da cessão de polos de Educação a Distância (EaD), localizados nos municípios de Porto Velho, Ariquemes, Cacoal e São Miguel do Guaporé.

Ordenha de vaca na escola Abaitará

A coordenadora do Curso de Pós-graduação DocentEPT no Estado, Elcilene Ribas, ressaltou os impactos positivos de colocar Rondônia na rota das discussões sobre a temática.  ‘‘Avalio que Rondônia está entrando no mapa das discussões da educação profissional do Brasil, por meio do investimento que o Governo está fazendo nas políticas do fortalecimento e expansão da Educação Profissional do Idep. Isso demonstra que o investimento realizado na educação profissional do Estado está indo no caminho certo, e outros estados estão reconhecendo essa seriedade com a qual o Idep está direcionando essas políticas e oportunizando que todo o Brasil tenha conhecimento da educação profissional do Estado, mas o motivo de hoje termos eventos por aqui também, foi a possibilidade de termos mais instituições de ensino, como o Idep e Ifro que investem em educação profissional’’.

Também fazem parte da programação as palestras com os temas: “O Profissional do Amanhã: Integrando Tecnologias e Pessoas para a produção do trabalho”, ministrada pelo professor do Ifro, Campus Porto Velho, Márcio Miranda, que vai falar sobre: O Profissional do Amanhã: Integrando Tecnologias e Pessoas para a produção do trabalho; e “A Importância da Formação Docente para atuação no EPT”, ministrada pela coordenadora do Curso de Especialização Lato Sensu DocentEPT, do Ifes, Larissy Alves Cotonhoto.

A proposta do fórum é socializar os aprendizados e perspectivas dos estudantes frente a especialização, que acontece no Instituto Federal do Espírito Santo, e marca o encerramento do Módulo II do primeiro Semestre de 2021. O fórum inicialmente seria destinado aos alunos de Rondônia, é uma iniciativa do Idep, onde a Coordenação Estadual e coordenadores dos municípios de Rondônia planejaram a ação, mas devido a manifestação de interesse de outros estados, transformou-se um evento nacional, coincidindo com a proposta do ciclo de palestras projetado para a mesma semana pela Coordenação Geral do Curso localizada no Instituto Federal de Educação Profissional do Espirito Santo.

DESENVOLVIMENTO

Para Larissy Alves, o fomento de discussões sobre a educação profissional e tecnológica reflete no desenvolvimento local. ‘‘Há um grande impacto positivo em um Estado que investe na educação técnica e tecnológica, pois um dos grandes benefícios do investimento em educação profissional e tecnológica é viabilizar o crescimento econômico de forma contínua do Estado de Rondônia, gerando melhores oportunidades de emprego e renda para jovens e adultos’’.

Novas perspectivas de desenvolvimento econômico e sustentável da região são esperadas a partir dos avanços neste eixo de ensino em Rondônia.

 

Fonte
Texto: Elis Ramos e Vanessa Moura
Fotos: Maicon Lemes
Secom – Governo de Rondônia

final materia 1
final materia

Deixe um comentário

WorldNet Notícias
Da costa Notícias
prime
Paiva Veículos Notícias
Atacarejo Preço Baixo Da Costa Notícias

Posts Relacionados