EMPREENDEDORISMO: Brasil Mais inicia atendimento de mais de 9 mil empresas desde a retomada

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
O programa Brasil Mais está realizando atendimento a 9.334 empresas em vários estados do país. A meta era chegar a sete mil empresas até dezembro. O programa, coordenado pela Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia (SEPEC/ME) e realizado em parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Sebrae e SENAI, tem como objetivo ajudar micro, pequenas e médias empresas a modernizarem seus negócios e ampliarem a produtividade com ferramentas de baixo custo e alto impacto.
“Os números foram surpreendentes. Este é um programa de magnitude nunca antes feito no Brasil. Nossa expectativa é atender cerca de 70 mil empresas em 2021”, afirmou o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Da Costa, coordenador do programa. Segundo o secretário, o Brasil Mais está atingindo seu objetivo, mesmo neste período de pandemia, que é o de “ajudar os pequenos negócios a alavancarem produtividade por meio da melhoria das capacidades empresariais e digitais”.
Ao longo de quatro meses, os donos de microempresas e empresas de pequeno porte dos segmentos do comércio, serviço e indústria dos estados de São Paulo (5.986), Sergipe (168), Mato Grosso do Sul (950), Santa Catarina (1.878) e Tocantins (240) estão recebendo acompanhamento técnico contínuo do Sebrae.
É o caso de João Paulo Rocha, proprietário do Jompa´s Grill, em Aracaju (SE). Com a situação da pandemia, ele procurou a ajuda do programa para inovar seu negócio na área de alimentação e, em três meses, viu sua produtividade aumentar 120%.
“Minha empresa foi selecionada e estou muito satisfeito. Na formação, aprendi que os indicadores são muito importantes para aumentar a nossa produtividade. Dentro desse processo, fiz engenharia de cardápio, up digital e gestão financeira”, contou.
De acordo com a Agente Local de Inovação (ALI) do Sebrae que está prestando o atendimento ao Jompa´s Grill, Léa Cristina, a maior preocupação de João Paulo, ao procurar o programa, era a questão do preço. A consultoria financeira prestada por ela auxiliou o empresário a identificar o ponto de equilíbrio e a fazer a correta formação do preço de vendas. “O medo do João de os clientes sumirem não se concretizou. Ao contrário. Em função das mudanças ocorridas, ele ganhou muitos novos clientes”.
O novo ciclo do programa está marcado para começar em março de 2021, mas desta vez será aberto para os empreendedores de todo o país. Segundo o presidente do Sebrae, Carlos Melles, serão disponibilizadas 22 mil vagas com 100% dos custos subsidiados pela instituição. Após três meses do final do atendimento pelo ALI, está prevista outra visita à empresa pelo agente do Sebrae para uma nova avaliação e mensuração de resultados.
“Durante os quatro meses desse ciclo será realizado um plano de ação e, caso haja interesse do empresário, ele também poderá solicitar consultorias especializadas do Sebrae que têm uma contrapartida do empresário de 30%”, explicou.
O SENAI, outro executor do programa, também deu início às atividades com as indústrias. No momento, há 112 em atendimento, nos estados de Alagoas (6), Amazonas (5), Goiás (7), Minas Gerais (4), Mato Grosso (2), Pernambuco (2), Paraná (32), Rio Grande do Norte (3), Santa Catarina (47) e Pará (4).
Em Santa Catarina, na cidade de Laurentino, o dono da indústria Arte Quadros, João Luiz Tambosi, se inscreveu no programa e recebeu o atendimento do SENAI. “Queríamos melhorar a eficiência da nossa empresa. Com a Mentoria Lean, identificamos os problemas e os processos que poderíamos melhorar. Consideramos o resultado excelente”, disse.
Para o presidente da ABDI, Igor Calvet, a superação da meta em um período pandêmico merece ser comemorada. “O programa impacta diretamente a produtividade das empresas e irá colaborar para a retomada do crescimento econômico. Elas estarão com seus processos produtivos e de gestão amadurecidos para 2021”, disse.
Brasil Mais – Coordenado pelo Ministério da Economia, com gestão operacional da ABDI e execução pelo SENAI e Sebrae, o Brasil Mais oferece a empresas soluções de baixo custo e de rápida implementação para melhorar a gestão, adotar tecnologias digitais, inovar processos e reduzir desperdícios.
Saiba mais sobre as ações do Sebrae: acesse o site www.sebrae.ro ou ligue gratuitamente para 0800 570 0800. Você também pode acessar o Sebrae pelo WhatsApp, pelo mesmo número. Siga o Sebrae em Rondônia nas redes sociais: Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e YouTube.
FONTE:ASSESSORIA
final materia 1 Irene

Deixe um comentário

Auto Eletrica do Indio
Da costa Notícias
casa das alianças
Paiva Veículos Notícias
vloss

Posts Relacionados