EXTERIOR: Universidades britânicas recebem inscrições de brasileiros para 2020/21

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

O Reino Unido é, há anos, um dos principais destinos para quem busca educação internacional. Mesmo com a pandemia e as medidas restritivas impostas pela covid-19 as universidades britânicas adotaram medidas para enfrentar esse novo desafio, adaptando o modelo de aulas e pesquisa, garantindo o bem-estar de alunos internacionais e a continuidade do ensino de qualidade.

 

As instituições também estão assegurando aos futuros estudantes que as qualificações continuarão a ter validade internacional, sejam aulas realizadas no modo tradicional, on-line ou de forma híbrida. Uma pesquisa recente realizada por universidades britânicas detectou que 97% delas planejam fornecer algum tipo de aula presencial em grupos pequenos, no início do ano letivo, que, para o Reino Unido, se inicia no mês de setembro.

E para o início do período letivo, algumas universidades britânicas estão com inscrições abertas e cursos gratuitos. Confira a lista:
(1) A Universidade Oxford está oferecendo acesso livre aos cursos online Epigeum. Os cursos apoiam a Educação Superior e oferecem treinamento para ensino, aprendizado híbrido e ensino para universidade. A inscrição pode ser feita no link.
(2) A Universidade de Cambridge liberou o acesso para trabalhos de referência e livros acadêmicos de Cambridge para bibliotecas de universidades e seus estudantes 
(3) A Universidade de Londres participa da iniciativa da Coursera, que está ajudando estudantes a aprender on-line em resposta ao coronavírus
(4) A Universidade de Liverpool disponibilizou recursos de ensino e aprendizado como o Centro de Inovação em Educação oferece vídeos sobre design de currículo e estudos de casos
(5) A Universidade de Edimburgo oferece cursos online gratuitos para melhorar habilidades acadêmicas ou desenvolvimento pessoal. Inscrições são realizadas no link
Além disso o governo britânico lançará em 2021 a “New graduate route”, uma oferta mais robusta para estudantes internacionais, que vai permitir aos alunos a permanência no Reino Unido até dois anos após o término de seu curso de pós-graduação, incluindo a possibilidade de trabalharem durante este período.
Biossegurança
O serviço nacional de saúde britânico (National Health Service – NHS) também tem cuidado de estrangeiros neste período e vai continuar. Ele já está disponível gratuitamente para estudantes de todos os países e nenhuma taxa é cobrada pelo teste da covid-19, mesmo que ele dê negativo. O tratamento para os que testarem positivo também não tem nenhum custo.
Ressalta-se ainda que, a fim de manter todas as medidas de segurança e o número de transmissões o mais baixo possível, todas as chegadas internacionais ao Reino Unido terão de fornecer contato e informação sobre sua acomodação na imigração e se isolar no local nos primeiros 14 dias após o desembarque.
FONTE : correio braziliense
final materia

Deixe um comentário

da costa 2
deputados fotos
anuncio
anuncio 2
da costa

Posts Relacionados