Governo prorroga auxílio do programa AmpaRo para ajudar famílias de baixa renda

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

A prorrogação do auxílio emergencial do Governo do Estado de Rondônia executado por meio do programa AmpaRO da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) foi anunciada pelo governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, nesta quarta-feira (3). A iniciativa reforça o compromisso do Poder Executivo de enfrentamento à pandemia com equilíbrio entre saúde e economia.

A iniciativa é voltada a amparar famílias em situação de vulnerabilidade social, impactadas pela pandemia. O governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, anunciou que o auxílio se estenderá por mais seis meses, de janeiro até junho.


‘‘O pagamento de janeiro será feito junto com o de fevereiro’’, esclarece.
Desta vez, o valor é de R$ 100, e será destinado para os que já estão cadastrados no sistema da Seas e receberam a ajuda em 2020. Não haverá abertura para novas inscrições. No Estado, cerca de 28 mil famílias são beneficiadas. Conforme a Seas, os beneficiários não precisam fazer mais nenhum tipo de procedimento para ter acesso às novas parcelas, apenas aguardar a divulgação da data que o valor estará em conta.

‘‘Eu falei com a secretária da Seas Luana para dar continuidade ao programa AmpaRO, então vamos manter o auxílio às mesmas pessoas que recebiam anteriormente. Isso é muito importante para ajudar as pessoas de baixa renda que estão tendo dificuldade de adquirir alimentação, além de fomentar a economia’’, explica o governador.

Marcos Rocha reforçou ainda o posicionamento de salvar vidas como prioridade em Rondônia, mas também a preocupação em dar condições para preservação de empregos com a manutenção das empresas. De acordo com o governador, as empresas que contribuem com Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual, Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) tiveram incremento de 18% em arrecadação neste período de pandemia, e cerca de 1,8 mil empresas abertas em 2020 se mantêm ativas.

O governador pontuou uma das iniciativas criada para ajudar as empresas neste período delicado para a economia: a prorrogação do ICMS por seis meses, conforme estabelecido pelo Decreto de Nº25.756.

PRESERVAÇÃO DE VIDAS

A boa notícia para a economia vem junto com avanços na saúde. Nos últimos dias, o Governo de Rondônia, ppor meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) conseguiu o feito de ativar 42 novos leitos de UTIs para pacientes com Covid-19, contando com o apoio do Governo Federal e convênios. Com isso, a transferência de pacientes para tratamento em outros estados encontra-se suspensa. ‘‘Com as novas vagas, os rondonienses podem se tratar aqui no Estado mesmo’’, disse o governador atento às necessidades da população.

O governador lembrou ainda que o novo Decreto nº 25.784, de 1º de fevereiro de 2021, considera a análise técnica da ocupação de leitos e casos ativos de Covid-19, e estabelece o funcionamento dos estabelecimentos com diferentes percentuais de ocupação para as Fases 1 (30%), 2 (50%) e 3 (70%).

Marcos Rocha lembrou também do êxito na operação de distribuição dos primeiros lotes de vacinas para os Municípios, e anunciou que em contato com o Ministério da Saúde foi informado que uma nova remessa ainda maior de doses de vacina contra a Covid-19 deve chegar a Rondônia este mês.

Fonte:SECOM

final materia 1
final materia

Deixe um comentário

WorldNet Notícias
Da costa Notícias
prime
Paiva Veículos Notícias
Atacarejo Preço Baixo Da Costa Notícias

Posts Relacionados