HÁ TRÊS MESES: No pico da pandemia, obras no Cemetron estão paralisadas e sem previsão de volta

Quase um mês após o Rondoniaovivo noticiar a paralisação da obra de ampliação do Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron), localizado na avenida Guaporé, em Porto Velho, o Governo do Estado ainda não retomou com as construções no local. No pico da pandemia, a obra está totalmente paralisada e não tem previsão de volta.
Na primeira reportagem, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), informou que a construção e reforma estavam suspensas devido as inconsistências encontradas nos projetos e na planilha orçamentária para a continuação da obra.
Mas dessa vez, a Sesau alegou que está analisando o projeto para contratação de uma nova empresa, que dará continuidade a obra.
O contrato assinado em fevereiro de 2020, previa uma ampliação de área de 9.634,24 metros quadrados com estrutura moderna e nova administração.
As informações apuradas pelo Rondoniaovivo, mostram que a obra já está paralisada há três meses. Se estivesse pronta, a construção e a reforma previam a criação de auditório; Unidade de Terapia Intensiva (UTI); central de esterilização; almoxarifado; bloco administrativo; reforma e ampliação de blocos existentes; além da disponibilização de estacionamentos frontal e lateral para visitantes e funcionários.
Vale ressaltar que em todo o Estado, mais de 100 pessoas aguardam por vagas na UTI.
FONTE:João Vitor Muniz/Rondoniaovivo
Nada para mostrar aqui

Deixe um comentário

Posts Relacionados