INFRAESTRUTURA: Em Ji-Paraná, DER chega a 90% do trabalho concluído na ponte do rio Urupá

Atualmente, uma das principais obras em andamento do Governo de Rondônia é o encabeçamento da ponte sobre o rio Urupá, na RO-135, em Ji-Paraná. Com os serviços sendo executados diretamente pelo Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), ganhando assim celeridade e eficiência, faltam poucos dias para a entrega à população.
De acordo com o residente regional do DER no município, engenheiro Klayson Furtado, “apesar de todas as restrições econômicas e de saúde causadas pela pandemia da Covid-19, estamos conseguindo manter o ritmo de trabalho e executar dentro do cronograma planejado, com cerca de 90% dos serviços concluídos até agora”. A força-tarefa, que vem trabalhando nesta obra, é composta por servidores da Residência Regional e Usina de Asfalto do DER de Ji-Paraná.
No último dia 22 de outubro, o governador Marcos Rocha esteve no local juntamente com o diretor-geral do DER, Elias Rezende, vistoriando a finalização com asfaltamento de 224 metros da primeira cabeceira voltada para a cidade.
Nos próximos dias serão concluídos os trabalhos de terraplanagem, com sub-base e base, para imprimação e pavimentação dos 391 metros da segunda cabeceira. Ao todo são 615 metros de obra executada diretamente pelo DER com recurso próprio do Governo de Rondônia, além de uma ciclofaixa a ser estabelecida onde está a velha ponte.
A RO-135 em Ji-Paraná faz a ligação da área urbana do município com o distrito de Nova Londrina, chegando até a BR-429, que dá acesso ao Vale do Guaporé. A ponte sobre o rio Urupá possui 11,2 metros de largura e uma extensão de 150 metros, fruto de um investimento de mais de R$ 6 milhões do governo estadual. De acordo com o residente Klayson Furtado, a ponte elimina um gargalo no trânsito até o distrito industrial, anel viário, universidade e condomínios que se localizam na região.
Elias Rezende ressalta que este trabalho vem sendo feito não apenas em Ji-Paraná, bem como nos quatro cantos do Estado. “A determinação do governador Marcos Rocha é para que o DER resolva com o máximo de eficiência os principais gargalos na infraestrutura rodoviária de Rondônia. Estamos com frentes de serviço na estrada do Belmont, na Capital; na RO-133, em Machadinho d’Oeste; na RO-470, em Vale do Paraíso; na RO-135, em Ji-Paraná; na RO-399, entre Cerejeiras e Pimenteiras do Oeste. Além de toda a malha sem pavimentação sob responsabilidade das 14 residências regionais do DER que continua recebendo manutenção, faça chuva ou faça sol”, detalha.
No DER, as ações estão voltadas à padronização, com vistas à qualidade dos resultados, “desde a identificação de prioridades, garantia do melhor uso dos materiais e equipamentos até a valorização do quadro técnico e operários. Assim, a missão de alcançar melhores resultados, gerar economia, evitar desperdícios de materiais e retrabalho é concretizada no que estabelecemos como Projeto Gestão na Estrada”, conclui o diretor-geral do DER.
FONTE :ASSESSORIA
Nada para mostrar aqui

Deixe um comentário

Posts Relacionados

TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM BURITIS

Aconteceu hoje aproximadamente às 13 horas próximo da avenida Paraná st. 02 em Buritis uma tentativa de homicídio. O fato que ainda está sendo objeto