Mundo ultrapassa a marca de 1 milhão de mortos pela Covid-19

O mundo ultrapassou o número de um milhão de mortos pela Covid-19 nesta segunda-feira (28). Segundo o painel de monitoramento da Universidade Johns Hopkins, eram 1.000.555 mortes e 33.273.720 casos confirmados da doença às 21h50.

Em 11 de janeiro, a China divulgou oficialmente a primeira morte pelo Sars-Cov-2, que ocorreu em 9 de janeiro na cidade de Wuhan e que se tornou o primeiro epicentro da doença no mundo. A marca simbólica de um milhão, portanto, é alcançada cerca de 263 dias (pouco mais de oito meses) após o primeiro óbito.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) só declarou a doença como pandemia em 11 de março, tempos após a divulgação da morte na China e de manifestações do vírus em outros países, como a Itália (22 de fevereiro) e o Brasil (26 de fevereiro). A primeira morte no Brasil ocorreu em 12 de março.

Os Estados Unidos ocupam o primeiro lugar em número de casos de coronavírus, com 7.139.734, seguido pela Índia (6.074.702) e pelo Brasil (4.732.309). Em quarto, está a Rússia com 1.154.299 casos confirmados, enquanto a Colômbia ocupa a quinta posição com 813.056.

Já entre os países com mais mortes em decorrência da Covid-19, Estados Unidos seguem em primeiro com 204.967, enquanto o Brasil aparece em segundo com 141.741, Índia em terceiro com 95.542, México em quarto com 76.430 e o Reino Unido em quinto, com 42.090.

Já o número de recuperados da doença no mundo chega a 22.976.092 pessoas, segundo a Johns Hopkins.

Fonte:CNN Brasil

Nada para mostrar aqui

Deixe um comentário

Posts Relacionados

TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM BURITIS

Aconteceu hoje aproximadamente às 13 horas próximo da avenida Paraná st. 02 em Buritis uma tentativa de homicídio. O fato que ainda está sendo objeto