Operação de combate à crimes ambientais é realizada em terra indígena

Uma operação de combate a crimes ambientais em terras indígenas foi realizada na sexta-feira (25) e sábado (26) pela Polícia Federal. A ação aconteceu na TI Rio Mequéns, localizada em Alto Alegre dos Parecis (RO). Seis pessoas foram detidas.

Juntamente com Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Fundação Nacional do Índio (Funai), a PF localizou e inutilizou equipamento usados na exploração ilegal de florestas e extração de madeiras nobres.

Segundo a polícia, além de caminhões e tratores, foram encontradas três serrarias clandestinas instaladas dentro da TI, onde era feito o beneficiamento de parte da madeira extraída. Em uma dessas serrarias, havia mais de 4 mil m³ de madeira, segundo estimativa do Ibama.

Operações em terra indígena

Esta semana a Operação Crassa também foi realizada para o combate à extração ilegal de diamantes da Terra Indígena Roosrevelt, em Espigão do Oeste (RO). Anteriormente, uma outra ação havia sido deflagrada para o combate a extração ilegal de madeira na TI Tubarão Latundê, em Chupinguaia (RO).

A PF informou que as investigações continuam sendo realizadas com o objetivo de identificar os criminosos. Denúncias de crimes ambientais podem ser feitas pelo (69) 3216-6225.

 

 

Operação de combate à crimes ambientais é realizada em terra indígena

 

 

 

Fonte:G1/RO

Nada para mostrar aqui

Deixe um comentário

Posts Relacionados

TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM BURITIS

Aconteceu hoje aproximadamente às 13 horas próximo da avenida Paraná st. 02 em Buritis uma tentativa de homicídio. O fato que ainda está sendo objeto