Polícia Federal desarticula grupo criminoso especializado em assaltos a bancos e carros-fortes

A Polícia Federal, juntamente com as Polícias Militares da Bahia e de Pernambuco, deflagrou no final da manhã desta quarta-feira (5/8) a Operação Capitá, com o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada em assaltos a bancos e carros-fortes que atuava em diversos estados da federação.

Cerca de 80 policiais federais, com o apoio de 50 policiais militares da Bahia e Pernambuco, deram cumprimento a 10 mandados de busca e apreensão, nas cidades de Juazeiro/BA, Petrolina/PE e São Paulo/SP. Nos endereços das buscas, foram encontradas armas de grosso calibre, munição, explosivos, escudos e coletes balísticos, carros roubados, celulares, além de diversos outros apetrechos comumente usados para esse tipo de crime.

A investigação foi iniciada em março deste ano, após a morte de um ex-líder de uma das quadrilhas mais atuantes na região Nordeste, em confronto com a Polícia Militar do Estado de Goiás. Após a morte dele, a Polícia Federal identificou novas lideranças entre os remanescentes da organização criminosa, que passaram a ser investigados nos últimos quatro meses. Conforme apurado, a quadrilha estava se preparando para realizar, nos próximos dias, um assalto a um carro-forte em uma das rodovias próximas a Juazeiro/BA e Petrolina/PE.

Até o presente momento, foram presos em flagrante 11 pessoas, pela prática dos crimes de porte ilegal de armas de fogo de uso restrito, receptação, associação criminosa e posse de explosivos. Além disso, um outro integrante do bando, suspeito de ser o financiador e um dos principais articuladores, foi preso em São Paulo, em cumprimento a dois mandados de prisão em aberto, um oriundo da Justiça da Bahia, decorrente de uma condenação a pena de 24 anos de reclusão por homicídio; e outro preventivo, por roubo, da Justiça de Alagoas.

 

 

 

Fonte:Polícia Federal

Nada para mostrar aqui

Deixe um comentário

Posts Relacionados

TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM BURITIS

Aconteceu hoje aproximadamente às 13 horas próximo da avenida Paraná st. 02 em Buritis uma tentativa de homicídio. O fato que ainda está sendo objeto