‘Quer pacto por emprego e deixa Estado fechado’, diz Bolsonaro sobre governador de partido comunista

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar nesta terça-feira (28) os governadores que mantêm as atividades econômicas de seus Estados fechadas por causa do medo de infecção pelo novo coronavírus.

A crítica desta vez foi direcionada ao chefe do Executivo do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

“Tem governador agora que quer que eu faça um pacto pelo emprego. Mas ele continua com o Estado dele fechado”, afirmou a apoiadores em referência ao ofício encaminhado por Flávio Dino na segunda-feira (27) pedindo que o presidente lidere um encontro com os representantes dos Estados, presidentes de confederações empresariais e centrais sindicais para a criação de um “Pacto Nacional pelo Emprego”.

A carta assinada por Flavio Dino, endereçada a Bolsonaro, sugere “planejar com urgência medidas para o cenário” de crescimento do desemprego no segundo semestre. Dino propõe, então, uma reunião liderada por Bolsonaro, com governadores, centrais sindicais e empresários a fim de evitar as demissões.

Fonte:R7

final materia

Deixe um comentário

da costa 2
deputados fotos
anuncio
anuncio 2
da costa

Posts Relacionados